A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/11/2013 14:41

“Cheguei a pensar que nunca mais pegaria minha filha”, diz jovem após reencontro

Bruno Chaves e Graziela Rezende

Após reencontro entre mãe e filha, a emoção tomou conta da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) na tarde desta terça-feira (19) depois que a polícia localizou a recém-nascida de seis dias roubada no último sábado (16).

“Cheguei a pensar que nunca mais pegaria minha filha em meus braços”, desabafou a jovem de 14 anos.

No momento em que pegou a filha no colo, a jovem desabou em lágrimas. “Estou aliviada”, soluçou. Aparentemente, a menina passa bem. Ela está bem nutrida e bem cuidada. Mesmo assim, a polícia pediu exames na criança para verificar o estado de saúde.

“Agora que minha ficha está caindo”, disse a jovem. Ela lembrou que no hospital uma mulher, que se identificou como assistente social, fez vários questionamentos sobre sua vida.

“Depois disso a mulher desapareceu. Ela era de pele morena, alta, magra e tinha cabelo curto e vermelho”, disse.

Segundo a avó da recém-nascida, Meire da Silva Batista, 33 anos, a família jamais pensou na possibilidade de o pai do bebê, um rapaz de 22 anos, estar envolvido no sequestro.

“Ele falava o tempo todo que não sabia se a criança era dele e que aguardava o bebê nascer para fazer DNA”, contou.

Por causa do susto, Meire diz que avalia a possibilidade de mudar de bairro. Ela classificou o sequestro como grave e diz que teme por sua vida, pela da filha e da neta.



parabens à polícia, a sociedade espera este tipo de resposta: rápida e rasteira
 
rhode de figueiredo rocha em 19/11/2013 16:01:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions