A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/11/2013 13:56

Antes de ser presa, manicure deu banho em bebê para devolvê-lo à família

Bruno Chaves e Graziela Rezende

A manicure Renata Silva de Jesus, 33 anos, disse à polícia que se arrependeu do sequestro da menina recém-nascida, cometido no último sábado (16), e que queria devolver a criança à família.

Quando os policiais chegaram à casa da acusada, na Rua da Flauta, bairro Tiradentes, em Campo Grande, a menina tinha acabado de tomar banho e seria entregue à família do bairro Dom Antônio Barbosa.

Renata disse que se arrependeu do crime depois de ver o a repercussão do caso na imprensa. “Eu fiz isso porque estava com medo de acontecer o que já aconteceu”, disse.

A manicure ainda lamentou: “agora tenho que pagar pelo que fiz”. A criança já está com a mãe, que tem 14 anos, e passa bem. Ela está nutrida e bem cuidada.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Paulo Sérgio Lauretto, da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), além de trabalhar como manicure, Renata vende frangos. Ela também tem passagens pela polícia por tráfico.

Sequestradora confessa foi presa nesta terça-feira (Foto: Marcos Ermínio)Sequestradora confessa foi presa nesta terça-feira (Foto: Marcos Ermínio)

Sequestro – A recém-nascida foi sequestrada na noite de sábado (16), em Campo Grande. O crime, segundo a Polícia, ocorreu 10 horas após a mãe ter alta médica.

No dia 13 de novembro, o bebê nasceu. No outro, testemunhas constataram a presença de um “veículo estranho” rondando a Rua 10, onde reside a adolescente.

No sábado, às 11h, ela foi liberada e, conforme a Polícia, ainda não havia registrado a menina porque precisava ir ao Juizado da Infância e Juventude.

A Polícia aponta, até o momento, que três homens e uma mulher roubaram o bebê com três dias de vida. Hoje, a criança possui seis dias de vida.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions