A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

22/07/2019 09:25

"Saúde da Hora" investe R$ 1,5 milhão para unidades atenderem de 7h às 19h

Campo Grande terá 25 unidades de saúde da família dentro do programa "Saúde na Hora", do governo federal

Leonardo Rocha e Aline dos Santos
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançou o programa, ao lado do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende e do cantor Michel Teló (Foto: Henrique Kawaminami)O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançou o programa, ao lado do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende e do cantor Michel Teló (Foto: Henrique Kawaminami)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, lançou nesta manhã (22), o programa “Saúde na Hora”, para ampliar o horário de atendimento de unidades de saúde da família em todo Brasil. Só em Campo Grande são 25 locais, que vão receber um repasse mensal de R$ 1,5 milhão.

As unidades tratam da saúde básica da população, com consultas (médicas), vacinações, realização de curativos, testes, assim como outros procedimentos que não são urgentes ou de emergência.

Antes. as 25 unidades recebiam do Ministério (Saúde) R$ 724,6 mil, ou seja, menos da metade que irão ter a disposição, para dispor de um atendimento das 7h até às 19h, sem parar na hora do almoço. Cada uma (unidade) recebia por volta de R$ 33 mil por mês, agora chegará a R$ 68,3 mil, devido à adesão ao programa.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) comunicou que antes de aderir ao programa, já cumpre este expediente de 60 horas semanais de atendimento. Campo Grande inclusive é a segunda cidade no País em número de unidades da família, perdendo apenas para Fortaleza (CE), com 58 locais.

Outro apoio do governo federal será uma parcela única de R$ 31,7 mil para cada unidade que aderir ao programa, que somando às 25 de Campo Grande, chegará a R$ 794,1 mil. Estes valores são a parte ao repasse mensal feito pelo Ministério.

Em nível nacional, o programa vai atender 300 unidades de saúde, em 56 municípios, que ao todo chegaram ao repasse (mensal) de R$ 57,3 milhões, mais os valores enviados pelo Ministério para custeio.

Unidade – O programa foi lançado por Mandetta na USS (Unidade de Saúde da Família) do Iracy Coelho, que conta em média com 300 atendimentos diários, atendo 15 bairros, que chegam a uma população de 21 mil pessoas na região.

A unidade conta com quatro equipes de saúde da família, sete técnicos de enfermagem, quatro enfermeiros, 3 dentistas, além de mais quatro equipes de saúde bucal. Também foi entregue durante a solenidade, que conta com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), a reforma do local.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions