A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

03/03/2015 12:23

Ação contra o tráfico prende 13 e apreende R$ 11 mil e carro de luxo

Renan Nucci
Batalhão de Choque durante ação na Penitenciária de Segurança Máxima da Capital. (Foto: Marcos Ermínio)Batalhão de Choque durante ação na Penitenciária de Segurança Máxima da Capital. (Foto: Marcos Ermínio)

A “Operação Progresso”, realizada nesta terça-feira (03) dentro e fora de presídios em Mato Grosso do Sul, resultou na prisão de 13 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas, e na apreensão de R$ 11 mil, um automóvel de luxo, uma moto e vários aparelhos de telefone celular. As ações foram realizadas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado) e pela Sejusp (Secretaria Estadual e Justiça e Segurança Pública).

Com apoio do Batalhão de Choque e do Bope (Batalhão de Operações Especiais) da Polícia Militar, bem como da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), foram cumpridos sete de mandados de prisão preventiva, entre as 4h da madrugada e 6h da manhã, em residências, no Instituo Penal e na Colônia Penal Agroindustrial da Gameleira, em Campo Grande, no Presídio Estadual de Dourados e também nas unidades prisionais de Corumbá.

“Consideramos a ação sucesso total, porque precisávamos comprovar a ligação entre essas associações criminosas e isso foi feito”, explica o promotor Marcos Alex Vera, coordenador do Gaeco.

Operação - No decorrer das investigações, antes da execução da operação, foram lavrados quatro Autos de Prisão em Flagrante (APF) nos quais seis pessoas foram autuadas e presas. Hoje, foram cumpridos nos presídios seis mandados de prisão contra indivíduos que, quando soltos, tiveram envolvimento com o narcotráfico. As celas onde eles cumprem pena foram revistadas, sendo nestes locais apreendidas diversas anotações que comprovam a ligação com grupos criminosos. Uma pessoa que estava em liberdade também foi presa, totalizando 13.

Já nas residências foram apreendidos mais de R$ 11 mil em espécie, vários aparelhos de telefones celulares, um veículo importado de luxo e uma motocicleta, além de mais anotações que terão as informações cruzadas com aquelas encontradas nos presídios.

A ação batizada de “Operação Progresso” tem como objetivo a desarticulação de indivíduos e associações criminosas ligadas como tráfico de drogas. “Progresso é o indivíduo dentro de grupos criminosos que tem o papel de levantar recursos, como a ideia é justamente tirar essas pessoas de circulação, optamos por essa denominação”, finaliza Marcos Alex.



Enquanto isso a sociedade sofre com a falta de viaturas para patrulhar as ruas dos Bairros.
Sabem como a Tropa de Choque foi para o presídio?
Com ônibus locado, pois essa história de reformar viaturas para que o Choque volte às Ruas é mais uma promessa de políticos. “Virou uma estória”!
Senhor Secretário, não insista... já mostrou que um continuísmo dos outros Secretários, pede para sair.
 
TOYOSHI SATO em 03/03/2015 13:37:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions