A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/03/2015 18:23

Açougueiro morto no Taveirópolis tinha sido ameaçado minutos antes

Kleber Clajus
Crime ocorreu após discussão e anúncio de morte a namorada da vítima (Foto: Kleber Clajus)Crime ocorreu após discussão e anúncio de morte a namorada da vítima (Foto: Kleber Clajus)

A morte do açougueiro Carlos Roberto Dias, 48 anos, ocorreu após ameaça minutos antes pela pessoa com quem convivia há duas semanas no Bairro Taveirópolis, em Campo Grande. Wagner Machado Fonseca, 51 anos, assumiu o crime e chegou a ser hostilizado por vizinhos durante transferência para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

De acordo com boletim de ocorrência, o caso ocorreu por volta das 12h30. Wagner teria ido até a casa da namorada do açogueiro, cerca de duas quadras de sua residência, e anunciado “que fossem retirar Carlos de sua casa pois estava causando problemas e querendo brigar”.

Para os policiais, Wagner disse ainda que quando retornou a vítima lhe jogou uma panela de água quente no rosto e o agrediu com um pedaço de madeira, deixando lesões nos olhos, rosto, testa e joelhos. Na briga, uma faca de 30 centímetros caiu no chão e foi utilizada para matar Carlos com um golpe no peito.

O também açougueiro Hélio Francisco, 42 anos, não acreditou quando recebeu a notícia da morte do amigo. Ele contou ainda que Wagner é conhecido no bairro por andar alcoolizado e com uma faca na cintura. Contra ele ainda existem dois boletins de ocorrência por ameaças de morte.

Coube ao delegado Giulliano Carvalho Biacio registrar a ocorrência como lesão corporal dolosa, quando há intenção de matar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions