A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/05/2011 14:44

Agepen admite falha na segurança após preso fazer reféns com pistola

Aline dos Santos e Ítalo Milhomen
Diretor da Agepen, ao centro, acredita que arma entrou desmontada durante visita. (Foto: João Garrigó)Diretor da Agepen, ao centro, acredita que arma entrou desmontada durante visita. (Foto: João Garrigó)

Menos de uma semana depois de passar por um pente-fino, o dito presídio de Segurança Máxima de Campo Grande foi cenário hoje de uma tentativa de fuga protagonizada por um preso armado com uma pistola semi-automática calibre 635.

Depois da liberação dos reféns, representantes do sistema penitenciário, que participaram de entrevista coletiva, foram unânimes num ponto: ninguém sabe como a arma entrou.

O diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Deusdete de Oliveira, admitiu falha na segurança e acredita que a arma possa ter entrado na visita do fim de semana.

“No sábado e no domingo, cerca de 600 pessoas visitam os presos. Acredito que arma possa ter entrado desmontada, em pedaços”, afirma. O presídio tem 1700 presos.

Agora, será aberto procedimento de investigação para saber como a pistola foi parar dentro da unidade prisional. A ação foi considerada como um ato isolado, pois os demais presos não deram inicio a uma rebelião.

Versões – Na versão oficial, os presos Carlos Henrique da Silva e Adilson Pereira saíram da cela porque pediram atendimento médico. Escoltado por um agente, eles foram levados do pavilhão 2 até o setor de saúde do presídio.

Porém, quando passavam pelo setor administrativo, Carlos Henrique teria se dirigido para o portão do presídio e ordenado que o agente o acompanhasse. O profissional disse que ia tomar água e, na cozinha, soou o alerta.

Em seguida, os presos, armados com uma pistola, levaram o agente para a área de saúde. Lá, um médico também foi rendido. Ao todo, dez servidores foram impedidos de deixar o local.

A versão inicial é de que os presos tentaram fugir e foram flagrados por policiais nas guaritas, dando início a troca de tiros. Em seguida, a dupla rendeu profissionais – psicólogos, professores e dentistas – que estavam no pátio.

Os presos se renderam depois de duas horas. A esposa e o advogado de Carlos Henrique foram levados ao presídio. Ele foi um dos lideres da rebelião de 2006, realizada no Dias das Mães.



A Polícia cumpre seu papel de prender e servir a população dignamente, tão como os agentes penitenciários, correto? O Magistrado ( Juiz ), aplica e Lei em cada caso, pois estes não podem proferir uma sentença fora do principio da legalidade ( Dentro da Lei ), muitas vezes indo contra os anseios subjetivos, em nome da própria Lei; Então um cidadão com senso crítico deve observar que os operadores do judiciário, somente cumprem seus papaeis e a culpa desta vala tão larga é da própria Lei, mal elaborada, mal pensada, arcaíca e desatualizada; E quem elabora a Lei? Eis a questão. São aqueles que NÓS colocamos lá, por intermédio de uma democracia hipócrita, aqueles que aumentam seus salários em 65%, tem um piso de 15 mil reais, mais 60 mil de verba de gabinete, mais passagens aéras, celular livre, combustivel, hospedagem,alimentação dentre outros mimos patrocinados por nós, que damos a cara a tapa diariamente nas ruas, trabalhando e produzindo e acautelando se e privando se de muito, por que esta mesma Lei, elaborada por estes mesmos indvíduos acima citados, beneficia aquele que mata, rouba, trafica etc, e quando a nossa saudosa Polícia mata, emprega uso da força, ou nossos Magistrados, acham fundamentos nestas mesmas Leis e proferem sentenças árduas, são eles quem não prestam, quando na grande verdade, precisamos colocar a mão na consciência e ver que o único e culpado disto tudo somos nós mesmos que colocamos esta gente no poder, para legiferar e administrar a máquina; Espelhamo no povo da Alemanha, que ao ventilarem a hipótese de seu 1º Ministro ter plagiado "MEIA" linha de sua monografia universitária, isso a mais de décadas passadas, exigiu que o mesmo se retratasse e se explicasse, evento que o mesmo o fez e ainda renunciou o cargo em respeito aquela população, para não colocar em cheque a soberania daquele Estado (País), ou seja, vejam meus prezados amigos, que exemplo de dignificação democrática, e nós? Nos vendemos por apertos de mão, sorrisos, promessas, combustiveis, cestas basicas, cargos, tudo no jeitinho brasileiro, equanto isoto nos bastidores do poder, vidas, Leis são elaboradas, julgadas e decididas aos finais de semana em continuam a aumentar a vala e acalha estes eventos tristes, onde a Polícia, O Juiz e a população padecem.
Vamos acordar Brasil
 
luciana Coelho em 03/05/2011 11:19:50
Nossa ainda culpam as visitas é um absurdo as visitas ficam peladas lá, só não pelados os evangelico e advogados e os agentes nem são se quer revistados e lá dentro rola muito dinheiro.
 
Elaine de Almeida em 02/05/2011 05:59:41
A GENTE SABE COMO ENTRA SIM,E AS VISITAS QUE ESTÃO FALANDO SABEM TAMBÉM
SEMANA PASSADO O SERVIÇO DE INTELIGENCIA RETIROU UM TABLETE DE DROGA DE DROGA DENTRO DOS ORGÃOS GENITAIS DA VISITA!EM UM FUTURA NÃO TÃO DISTANTE ENCONTRARAM 4 APARELHOS V3 NO MESMO LUGAR.
E AINDA PEGUNTA COMO ENTROU UMA PISTOLA PEQUENA QUASE DE UM TAMANHO DE UM CEL?
AS SENHORAS VISITAS SABEM QUE NÃO ENTRA NO ALIMENTO,ESTA ARMA ENTROU DESMONTADA DENTRO DE UMA DESSAS SENHORAS DE FAMILIA.
UM ABSURDO UM PRESIDIO DESTE TAMANHO CONTAR COM 13 AGENTES PLANTONISTAS.
 
MARCIO ARAUJO em 02/05/2011 05:05:50
Além do presídio estar superlotado não existe estrutura. Cadê os equipamentos de raio x? é fácil colocar a culpa nos mais fracos. A culpa mesmo é do governo do Estado, q anda cercado de seguranças e pouco se importa com a segurança nas ruas ou nos presídios. É humanamente impossível 13 agentes custodiar 1700 presos em um presídio q comportaria 450 internos.
 
Erica Fragoso em 02/05/2011 04:57:27
COMO PROCEDER MEDIDA DE SEGURANÇA EM UM PRESIDIO COM 1700 INTERNOS E 13 AGENTES PLANTONISTAS?HUMANAMENTE IMPOSSÍVEL,UMA FALTA DE VERGONHA NA CARA E MUITA OMISSÃO DO GOVERNADOR ANDRE .
O QUE ADIANTA GOVERNADOR,CONTRATAR 1500 POLICIAIS MILITARES SE CONTA COM 13 AGENTES ?
DE QUEM É A CULPA?
SEM CONTAR QUE O RISCO DE VIDA DESSES PROFISSIONAIS É 50% ,A VIDA DELES VALEM METADE PARA O ESTADO..
 
JOÃO CARLOS SILVA E COSTA em 02/05/2011 03:25:39
isto porque, a direção não ta deixando entrar alimentos na visita para os detentos esta proibido tudo a revista é rigida com os visitantes, somos tratados como presos tambem. será que é realmente a visita os culpados das armas entrarem lá...
 
maria augusta em 02/05/2011 03:12:55
nossa... ninguem sabe como a arma entrou!!!!!!

qualquer criança sabe!
Corrupção de agentes... se eles não se venderem, não entra nem agua de chuva la na cadeia, se entra, é pq alguem ganhou em cima disso!!
e o que é pior: pessoas assim trabalham ao lado de profissionais honestos, que são os que realmente correm riscos lá dentro!
os 5% de aumento do gov já começam a surtir efeitos!!!
 
Sebastiao Santos em 02/05/2011 03:07:48
Ouvi dizer que a AGEPEN, possui um serviço de inteligência, a pergunta que fica, é onde anda esse serviço de "inteligência"? Comentários dão conta que serve mais como corregedoria, do que na prevenção de ações de grupos de facções criminosas que agem dentro dos Presídios...
 
roberto marques em 02/05/2011 03:02:10
SERÁ QUE ESSA ARMA ENTROU POR ALGUMA VISITA, OU PELAS MÃOS DE ALGUM AGENTE. POIS OS AGENTES DA MÁXIMA TRABALHAM ARMADOS DENTRO DO PRESÍDIO....
 
AGOSTINHO SALINAS FILHO em 02/05/2011 02:58:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions