A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

11/03/2014 20:15

Amape recorre ao MPF e aponta prejuízos que obra do CMO pode trazer ao ambiente

Alan Diógenes

A Amape (Associação dos moradores do parque residencial Maria Aparecida Pedrossian) enviou um ofício, nesta terça-feira (11), ao MPF (Ministério Público Federal), apresentando prejuízos que a construção do 9º Batalhão de Comunicações do Comando Militar do Oeste do Exercito Brasileiro, no bairro Santo Amaro, em Campo Grande, pode trazer ao meio ambiente e à população da região, se for autorizada.

De acordo com o presidente da associação, Janio Batista de Macedo, a obra não possui licenciamento ambiental expedido pelo Conselho Municipal Do Meio Ambiente de Campo Grande. Além disso, a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) também não emitiu a Guia de Diretrizes Urbanísticas. Esse documento é fundamental para a realização da obra.

Segundo Janio, um licenciamento já foi emitido para a construção do batalhão pelo Ibama, mas o mesmo deveria ter sido expedido foi pela Prefeitura da Capital.

Moradores dos bairros Coophatrabalho, Flamingos, Vilas Almeida, Manoel Taveira Coophasul, José Abrão, Imá e região do Segredo, entorno da área onde provavelmente será construído o batalhão, estão apreensivos com o fato, pois no local existe uma fauna e flora muito rica que pode ser prejudicada com a obra.

O oficio foi enviado para o procurador chefe do MPF, Pedro Paulo Grubits Gonçalves de Oliveira, que deve cuidar do caso.

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


Mais um querendo aparecer, será que esse Sr Jânio está querendo se candidatar a vereador? O que uma associação de um bairro do lado oposto da cidade está implicando com isso. Pelo amor de Deus, já foi tudo esclarecido, não houve crime ambiental, e outra, é tanta asneira que esses ambientalistas falam, o Conselho Municipal de Meio Ambiente não tem poder algum para emitir licença ambiental. É lei federal, quem licencia organizações militares é o IBAMA, não é Prefeitura e muito menos Estado. Isso é no BRASIL todo. Parem com isso, deixem o povo trabalhar, não estão fazendo nada de errado, é pelo bem da população. A área só está preservada graças ao EB que esteve presente no local, pq se fosse área particular já teriam tombado tudo.
 
Luiz Fernando de Britto Moreira da Costa em 12/03/2014 10:23:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions