A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/10/2015 09:41

Após 39 anos, bombeiros interditam e esvaziam antiga rodoviária

Edivaldo Bitencourt e Flávia Lima
Bombeiro interdita uma das 49 lojas em funcionamento na antiga rodoviária (Foto: Gerson Walber)Bombeiro interdita uma das 49 lojas em funcionamento na antiga rodoviária (Foto: Gerson Walber)

O Terminal do Oeste, prédio onde funcionou a antiga rodoviária de Campo Grande, foi totalmente interditado, na manhã desta terça-feira (27), pelo Corpo de Bombeiros. É a primeira vez que o edifício foi fechado desde a inauguração, em 1976. A esperança do condomínio, que administra o local, é obter o alvará provisório de reabertura em três dias.

Os militares chegaram ao prédio acompanhados por 12 policiais militares e pelo Batalhão de Choque.O grande aparato de segurança revoltou os lojistas. “Não precisava do choque, a gente sabia que seria obrigado a sair”, comentou a síndica do condomínio, Rosane Nely de Lima.

De acordo com o comandante metropolitano do Corpo de Bombeiros, coronel Jairo Kamimura, a antiga rodoviária foi interditada porque não tem nenhum dos oito itens mínimos de segurança e prevenção contra incêndios.

Desde a tragédia na Boate Kiss, no Rio Grande do Sul, os bombeiros passaram a ser mais exigentes na fiscalização das medidas de segurança. Por isso, a antiga rodoviária, que mobiliza comerciantes e moradores da região em busca de revitalização, sofreu um duro golpe nesta terça-feira.

Rosane está buscando apoios para obter os R$ 64 mil para adotar as medidas de segurança, como instalação de extintores, sinalização da rota de fuga, iluminação de emergência, brigada de combate a incêndio e a contratação de engenheiro eletricista responsável pelas instalações.

Bombeiros lacram loja do terminal do Oeste, que tem 216, mas só 49 na ativa (Foto: Gerson Walber)Bombeiros lacram loja do terminal do Oeste, que tem 216, mas só 49 na ativa (Foto: Gerson Walber)
Comerciante, de amarelo, deixa loja após interdição (Foto: Gerson Walber)Comerciante, de amarelo, deixa loja após interdição (Foto: Gerson Walber)

Ontem, de acordo com o coronel, uma bomba instalada há 40 anos não funcionou, o que acabou mantendo a decisão de interditar o imóvel hoje.

Com o fechamento, as 49 lojas em funcionamento tiveram a atividade suspensa. A interdição também suspende a venda de lanches pelos nove trailers instalados no local e a retirada da Guarda Municipal.

Rosane vai protocolar um pedido para que os operários mantenham o trabalho de instalação das medidas de prevenção exigidas pelos bombeiros para que o condomínio consiga o alvará provisório.

Só o ponto de embarque de vans, que fica fora do prédio, vai continuar na estação rodoviária, que foi o principal ponto de referência e porta de entrada da Capital por várias décadas. A rodoviária funcionou no local de 1976 até fevereiro de 2010, quando o novo terminal foi inaugurado na Avenida Gury Marques, na saída para São Paulo.

Batalhão de Choque deu apoio à interdição na manhã desta terça-feira (Foto: Gerson Walber)Batalhão de Choque deu apoio à interdição na manhã desta terça-feira (Foto: Gerson Walber)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions