A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/05/2015 09:34

Após caso de estupro, moradores "clamam" por segurança em bairro

Alan Diógenes
Área tomada pelo mato no Aero Rancho foi cenário de estupro no mês passado. (Foto: Marcos Ermínio)Área tomada pelo mato no Aero Rancho foi cenário de estupro no mês passado. (Foto: Marcos Ermínio)
Acoadas, moradoras pedem mais segurança em bairro. (Foto: Marcos Ermínio)Acoadas, moradoras pedem mais segurança em bairro. (Foto: Marcos Ermínio)
Lourdes se preocupa com filha que estuda próximo ao local do estupro. (Foto: Marcos Ermínio)Lourdes se preocupa com filha que estuda próximo ao local do estupro. (Foto: Marcos Ermínio)

Após uma adolescente de 16 anos ter sido estuprada, no mês passado, e uma mulher sofrer tentativa de estupro, além de ser roubada , no Bairro Aero Rancho, os moradores pedem mais segurança na região. O problema é a grande quantidade de terrenos baldios e falta de iluminação durante a noite.

O primeiro caso aconteceu na Rua Globo de Ouro, onde existe uma área pública tomada pelo mato. Um pedreiro de 24 anos levou a adolescente para o matagal e a obrigou a manter relações com ele, utilizando uma faca. Logo depois ele foi detido pela Guarda Municipal.

O segundo aconteceu há seis dias quando uma mulher de 41 anos sofreu uma tentativa de estupro após ser assaltada. Ela foi abordada por dois homens armados que anunciaram o assalto. Eles levaram uma corrente, um telefone celular e o cartão da vítima, só não a estupraram porque havia grande movimentação no local.

A decoradora de festa infantil Cristiane Araújo, 34 anos, que mora há 26 no bairro, disse que o terreno público na Rua Globo de Ouro está sem limpeza desde 2013. “Antes tinha um pessoal que vivia aí, cuidava e deixava limpo, mas a prefeitura retirou eles. Foi depois daí que os problemas começaram”, explicou.

Com a reintegração de posse, a área começou a ser utilizada como depósito de lixo, e usuários de drogas começaram a frequentar o lugar. “Foi assim que aconteceu. A menina estava vindo visitar a tia a noite quando o drogado levou ela para o matagal. Ela estava traumatizada e família não fala com ninguém”, comentou Cristiane.

A cozinheira Nice Silveira da Silva, 44, falou que a falta de iluminação também contribui para os crimes. “As luminárias estão quebradas e a noite isso aqui vira uma escuridão. Sem falar que falta policiamento na região”, destacou.

A podóloga Lourdes Delgado, 42, fica preocupada com a filha de 18 anos que estuda próximo ao local. “Aqui perto tem o colégio Silvio de Oliveira e vários estudantes passam pela região. Muitos preferem andar mais de 10 quadras para evitar passar pela Rua Globo de Ouro”, informou.

Lourdes já perdeu a esperança quanto à solução do problema. “A gente pede, mas ninguém faz nada. O jeito é ficar sem sair de casa para evitar que coisas ruins aconteçam”, finalizou.

A Prefeitura Municipal informou que a Seintrha (Secretaria Municipal de infraestrutura, Transporte e Habitação) organiza semanalmente um cronograma de limpeza, que atende tanto às vistorias sazonais dos bairros quanto as solicitações de munícipes, enviadas por meio da central de teleatendimento.

A prefeitura disse que orienta todos os habitantes a contribuírem na identificação de imóveis com lixo e de áreas públicas que precisam de manutenção. A Seintrha disponibiliza um serviço de teleatendimento, por meio do número 3314-3676. Neste caso, o solicitante recebe um protocolo para acompanhar o atendimento. 

No caso de lixo e entulho em terreno particular, é possível fazer denúncia por meio do número 156. A Ouvidoria de Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) também recebe denúncias de áreas propícias para a propagação de insetos transmissores de doenças como dengue, febre chikungunya e leishmaniose, além dos animais peçonhentos. As denúncias podem ser feitas pelos telefones 3314-9955 ou 3314-3340.

Quanto ao pedido de substituição de lâmpadas afirmou que também esta pode ser solicitada pelo serviço de teleatendimento.

A gestão municipal finalizou dizendo que comunicará a Seintrha da situação da rua mencionada, mas ainda orienta a população a formalizar o pedido junto ao teleatendimento e com o número de protocolo gerado, acompanharem a execução do serviço.

Dois homens roubam e tentam estuprar mulher que ia para o trabalho
Uma mulher de 41 anos sofreu uma tentativa de estupro após ser assaltada no Bairro Aero Rancho no começo da manhã de hoje (14). A vítima estava se di...
Garota é estuprada no Jd. Aero Rancho em área com mato e sem iluminação
Uma adolescente de 16 anos foi estuprada por volta das 18h30 deste sábado (4) no Jardim Aero Rancho, próximo ao Cras (Centro de Referência de Assistê...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions