A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/04/2011 09:38

Após greve, agentes de saúde esperam proposta de reajuste da prefeitura

Aline dos Santos
Agentes fizeram greve por 60 dias na Capital. (Foto: João Garrigó)Agentes fizeram greve por 60 dias na Capital. (Foto: João Garrigó)

Os agentes de saúde e de controle de epidemiologia aguardam que a prefeitura de Campo Grande apresente hoje proposta de reajuste salarial.

Após greve de 60 dias, encerrada no dia 4 de março, acordo na justiça definiu a data de 10 de abril como prazo para apresentação de propostas. “O prefeito tem que apresentar a proposta hoje e amanhã vamos fazer assembleia”, afirma o presidente do Sintesp (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde Pública de Campo Grande), Amado Cheikh.

Ele não descarta que os trabalhadores retomem a greve. A categoria reivindicava aumento dos salários de R$ 700 para R$ 2.100.

No início do ano, 450 agentes de saúde e de controle de epidemiologia chegaram a cruzar os braços reivindicando melhores salários.

Em janeiro, o desembargador Fernando Mauro Marinho declarou a greve ilegal. E o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) se negou a discutir com os trabalhadores enquanto estivessem em greve. O acordo para suspensão da greve foi feito no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Agentes de saúde farão assembleia no dia 11 de abril
Mais de 20 dias após terem encerrado a greve, os agentes de saúde e de controle de epidemiologia fizeram nesta segunda-feira uma assembleia em Campo ...
Agentes de Saúde suspendem greve que durava 60 dias
Após decisão, 450 agentes de saúde voltarão ao trabalho na Capital.Os agentes de saúde e de controle de epidemiologia decidiram na noite desta sexta...
Após audiência no TJ, agentes fazem assembleia para decidir se encerram greve
Em greve há 60 dias, os agentes de saúde e de controle de epidemiologia de Campo Grande fazem assembleia às 18h para decidir se voltam ao trabalho, a...


Eu acho triste o que os agentes ganham pois andam todos os dias, quilometros e mais quilometros, enquanto outros ficam nas cadeiras da assembleia e ainda questionam se ha necessidade de aumento. O que eles realmente questionam é em quantos porcento o salario deles é que vao aumentar.
 
Brener Marcondes em 23/04/2011 04:23:04
É uma vergonha"
Todos deveriam ser exonerados.
 
Wanderlei Junior em 11/04/2011 03:08:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions