A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

26/07/2017 15:42

Após presos tentarem motim, Fórum diz que fará reforma em celas

Luana Rodrigues e Rafael Ribeiro
Grade danificada no Fórum. (Foto: Divulgação)Grade danificada no Fórum. (Foto: Divulgação)

Após tentativa de motim entre presos numa das celas do Fórum de Campo Grande, registrado no fim da tarde de ontem (25), a administração informou na tarde desta quarta-feira (26), que pretende reforçar a segurança no local, numa obra que já estava prevista, mas ainda não tem data para começar.

De acordo com o diretor de administração do Fórum, Paulo Cesar Pereira de Freitas, os presos destruíram uma tela que fica anexa na grade da cela. “É um arame reforçado, chumbado na grade. Eles retiraram alguns arames, provavelmente, a intenção era levar esse material para o presídio, porém, a escolta percebeu a ação e os repreendeu”, explicou.

Foi justamente por conta da bronca por destruírem as celas é que os presos Leandro Sijanas, de 34 anos, Johnny Toralis Lopes, de 27, e Wilton Reverson da Silva, 28 anos, teriam se rebelado. Eles se negaram a permitir revista, resistiram às algemas e tiveram que ser contidos com 'força progressiva' da polícia.

No local, segundo o diretor, há três celas, onde todos os dias ficam distribuídos cerca de 50 presos, que passam por audiências judiciais. “Justamente por esta demanda, já solicitamos a ampliação e reforma do espaço, com melhorias na segurança, no entanto, é uma obra que exige licitação e ainda não temos um prazo para início”, explicou Freitas.

Com os participantes do motim, foram encontrados seis pedaços de metal, retirados da grade da cela. Como nesta quarta-feira (26) haveria novas audiências no Fórum e a cela teria de ser usada, logo o núcleo de engenharia foi acionado para realizar os reparos no local.

Fotos foram tiradas para comprovarem a situação. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions