A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/05/2016 12:31

Asfalto cede e interdita trecho onde problema de drenagem é antigo

Buraco foi sinalizado, mas ainda não há informação sobre início dos reparos

Leandro Abreu
Sinalizado pela Agetran, interdição complica o trânsito no cruzamento da Joaquim Murtinho com Bahia. (Foto: Alcides Neto)Sinalizado pela Agetran, interdição complica o trânsito no cruzamento da Joaquim Murtinho com Bahia. (Foto: Alcides Neto)

Um buraco no cruzamento das ruas Joaquim Murtinho e Bahia, próximo ao Parque Itanhangá, está preocupando os comerciantes e motoristas que passam pelo local. Aberto desde quarta-feira (18) pela manhã, o solo que fica sob o asfalto está cedendo e corre o risco de ter mais área desmoronada caso o reparo não seja realizado logo.

De acordo com o vendedor de colchões Luiz Roberto da Silva, 44, que trabalha bem em frente ao buraco, veículos pesados como caminhões e ônibus passam bem perto da erosão, o que pode agravar ainda mais a situação.

“Não é buraco normal de asfalto. A terra ali embaixo está cedendo e com certeza vai desmoronar mais se não arrumarem logo. E tem previsão de chuva para esse fim de semana. Não é possível que vão deixar isso ai aberto durante todo o fim de semana”, disse o vendedor.

O buraco fica bem na faixa de pedestre e interdita uma das faixas da rua Joaquim Murtinho. Com isso, os veículos precisam desviar da sinalização realizada pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), o que deixa o trânsito um pouco complicado na região, principalmente nos horários de pico. Ao redor da erosão, o asfalto está cheio de rachaduras, o que indica que o problema pode aumentar em breve.

“Trabalho aqui há anos e nunca vi uma obra de drenagem na região. E sempre que chove forte alaga aqui no cruzamento. Deve ser problema de drenagem. Eles só sinalizaram, mediram a área e foram embora”, completou Silva.

Procurada para saber se já há um diagnóstico do problema e quando ele será resolvido, a Prefeitura de Campo Grande não respondeu as solicitações da reportagem do Campo Grande News.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions