A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/09/2012 15:42

Asfalto esburacado danifica carros e vira risco para motociclistas

Luciana Brazil
Na avenida Bandeirantes as falhas no asfalto podem causar quedas de motociclistas. (Foto:Simão Nogueira)Na avenida Bandeirantes as falhas no asfalto podem causar quedas de motociclistas. (Foto:Simão Nogueira)
Na Spipe Calarge o asfalto também irrita os motoristas. (Foto:Minamar Júnior)Na Spipe Calarge o asfalto também irrita os motoristas. (Foto:Minamar Júnior)

Mesmo em tempo de estiagem, os buracos e remendos no asfalto em Campo Grande estão provocando reclamações de motoristas e de motociclistas. A queixa é quanto aos transtornos, como pneus furados e rodas amassadas, além do risco de quedas para quem anda de moto.

Algumas vias são campeãs em reclamações. A avenida das Bandeiras e a Bandeirantes são desaconselhadas por vários motoristas.

“Se pudesse eu nem passaria por aqui. É irritante andar todo dia como se estivesse em uma rua sem asfalto. Estragando todo o meu carro”, diz o funcionário público Cezar Olivante, 37 anos, que cruza várias vezes por dia a avenida das bandeiras.

A avenida Guaicurus, a Tiradentes, além da Consul Assaf Trad, Vitório Zeola, e Marquês de Lavradio, também fazem parte da lista de queixas.

"Faz um ano que eu comprei meu carro e ele já está com vários barulinhos. Sei que é por causa do asfalto. Revolta", acredita a estudante Juliana Sá.

Os motoristas precisam ter paciência, e dinheiro, para enfrentar diariamente trechos que estragam veículos. Em algumas regiões o asfalto é tão precário que os condutores andam lentamente para não ter problema.

Sem ter como evitar certos trechos, acabam sentindo no bolso o asfalto em péssimo estado. “Para fazer a manutenção do meu carro, só na suspensão, é quase R$ 400”, relatou a taxista Elinei Marçal Silva, 45 anos.

“Além disso, a manutenção do carro precisa ser feita constantemente por causa do asfalto”. Até mesmo veículos novos, com menos de um ano de uso, já precisam receber a revisão da suspensão, como contou a taxista.

Taxista explica que com os clientes não tem como escolher caminhos melhores. (Foto:Minamar Jr.)Taxista explica que com os clientes não tem como escolher caminhos melhores. (Foto:Minamar Jr.)
Muitos motociclistas procuram a loja de Emerson para desamassar as rodas da moto. (Foto:Minamar Jr.)Muitos motociclistas procuram a loja de Emerson para desamassar as rodas da moto. (Foto:Minamar Jr.)

Buraco na pista, perigo constante-Para os condutores de motocicletas a situação é ainda pior já que ficam expostos fisicamente. As quedas de motociclistas são mais frequentes do que se pode imaginar.

“Já cai por causa desses remendos no asfalto e me ralei inteiro. Eu me desequilibrei e acabei caindo”, disse o moto-entregador Sidnei da Silva, 18 anos. O jovem diz que as peças da moto ficam frouxas com tanta trepidação.

O mecânico Alan Garcia, 32 anos, afirma que andar nas ruas onde o asfalto é todo remendado ou com buracos é “muito pior do que andar em estrada de chão. “O impacto é mais seco no asfalto, estragando mais o carro”.

O irmão, Aires Garcia, 29 anos, também mecânico, completa dizendo que a terra absorve melhor o choque do carro. “É melhor andar na terra. Esse asfalto estraga o amortecedor, a bucha da suspensão, desalinha o pneu, empena a roda. Você tem que fazer mais manutenção do que um carro que não ande nesses locais”, disse Alan.

O dono de uma bicicletaria cobra até R$ 20 para desamassar a roda de moto. “Chega direto aqui na minha loja. Eu ando de moto também é sei como é bravo andar por aí”, disse Emerson Antônio, 45 anos.

Ele conta também que às vezes até mesmo ciclistas aparecem na loja para desamassar o aro. “De bicicleta eu cobro R$ 8”. Mesmo lucrando com o problema alheio, Emerson clama por um recapeamento. “Ouvi dizer que vão mexer na avenida das Bandeiras, mas não tenho certeza”, finalizou.

O mototaxista Juliano Aparecido Ferreira, 35 anos, contou que evita passar por ruas remendadas, com desníveis e com buracos. Ele garante que os cuidados não são apenas com a moto, mas também com a saúde. “Dói os braços andar todo tempo por ruas assim”.

“Quando a gente está com clientes não tem como escolher o caminho, mas quando estou sozinha evito passar por ruas com asfalto ruim”, disse a taxista Elinei.

De acordo com a assessoria da prefeitura,das ruas citadas, a Bandeiras deve receber recapeamento nos próximos meses. Os trabalhos estão em processo de licitação.

Também existe a previsão de recapeamento no centro da cidade, segundo informou esta semana o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, em entrevista ao Campo Grande News

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura a população pode ligar para o telefone 3314-3676 e avisar quando houver buracos nas ruas pavimentadas. Ainda segundo a assessoria, o serviço tapa-bura atende toda a cidade.

Avenida das Bandeiras está toda remendada (Foto: Minamar Júnior)Avenida das Bandeiras está toda remendada (Foto: Minamar Júnior)
Asfaltos da Guaicurus também está bastante danificado (Foto: Minamar Júnior)Asfaltos da Guaicurus também está bastante danificado (Foto: Minamar Júnior)
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...


PASSEM EM FRENTE A OBRADO LADO DA OAB, EM FRENTE AO BELMAR COM CUIDADO, POIS CORTARAM O ASALTO E TA PERIGOSO O SERVIÇO QUE NAO FIZERAM LA. PREFEITURA, CADE A AGETRAM PRA AGIR NISSO? OU É SO MULTAS ?
 
LUCIANO MARQUES em 03/09/2012 10:05:36
03/09/2012 "De acordo com a assessoria da prefeitura,das ruas citadas, a Bandeiras deve receber recapeamento nos próximos meses. Os trabalhos estão em processo de licitação."
Em fevereiro de 2010 o Prefeito concede uma entrevista em uma rádio, dizendo que o recapeamento está em processo de licitação. Até quando vai essa tal licitação?
Depois da eleição? Quem sabe?
 
Luciano Silgueiros em 03/09/2012 09:29:41
Apenas para reforçar o que já foi dito:
Esse famigerado tapa-buracos, hoje transformou-se em uma fábrica de remendos nas nossas ruas, estamos há mais de 11 anos sem recapeamento, andem pela Des. Leão Neto do Carmo no Parque dos Poderes, na rotatória após o extra da Joaquim Murtinho, tente a via que volta do Dahma, é só remendo, não sobra nem um metro de asfalto bom, voltamos ao paralelepípedo.
 
Luiz Carlos Sobrinho em 03/09/2012 05:26:33
E não são só os buracos não! Aquele monte de remendo no asfalto faz o veículo chacoalhar horrores! Parece até estrada de terra!!!! Quem passa direto na Spipe e José Nogueira Vieira sabe bem do que estou falando! Duas vias de intenso fluxo e sem manutenção e ampliação...
 
Daniela Rocha em 03/09/2012 04:51:08
É um absurdo o asfalto de Campo Grande. O 'tapa-buraco', então, só serve para desviar o dinheiro do contribuinte. VERGONHA.
 
Monica Lopes em 03/09/2012 04:38:00
Todo gestor quer construir novas obras e colocar placas com seu nome nas inaugurações, mas está na hora de fazer manutenção daquilo que já existe. Fica uma dica pros próximos administradores de Campo Grande.
 
Mário Katayama em 03/09/2012 04:37:18
vamos lembrar tambem da bandeirantes e da bandieras
 
andre espinosa em 03/09/2012 04:34:00
A Av. Guaicurus é meu trajeto, esta péssima.....o carro anda saltitando no asfalto, de tanta saliencia
 
Flaviana Silva em 03/09/2012 04:17:35
E ainda queriam a cidade como sede da copa do mundo 2014 com todas estas buraqueiras.
 
João Crisóstomo de Campo Grande - MS em 03/09/2012 03:59:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions