A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Maio de 2019

12/05/2019 11:45

Bêbado, militar do Exército atropela criança em calçada e vai preso

Durante a ocorrência, ele ainda parou para tomar uma cerveja em frente ao local do acidente

Izabela Sanchez e Geisy Garnes
Acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Paulo Francis)Acidente foi atendido pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Paulo Francis)

Motorista que se identificou como sargento do Exército atropelou e feriu uma criança de 13 anos na Avenida General Carlos Alberto de Mendonça Lima, no bairro Jardim São Conrado em Campo Grande. O acidente aconteceu na manhã deste domingo (12) e o condutor estava embriagado no momento do atropelamento.

Ele conduzia um veículo VW Gol pela avenida e tentou realizar a conversão para seguir em sentido contrário, mas subiu na calçada e atingiu um menino que vendia cestinhas para o Dia das Mães junto com a irmã mais nova. A mãe das crianças vendia as cestas do outro lado da via e se desesperou ao ver o que tinha acontecido.

Movimentada, a avenida é ocupada por diversos estabelecimentos comerciais e algumas pessoas viram o que ocorreu. Juntos, testemunhas e a mãe da criança impediram que o militar fosse embora do local. A mãe do menino chegou a tirar a chave do carro da mão do condutor. Este, por sua vez, sentou em frente a uma conveniência e comprou uma cerveja para continuar bebendo.

Poliana Pereira, 33, estava na conveniência com a família e viu o acidente. Ela relata que se a vítima não tivesse se deslocado, o acidente seria pior. “Ele só parou o carro porque a gente gritou para ele parar, se não ele tinha atropelado todos que estavam aqui”, disse.

A criança sofreu ferimentos, machucou a perna direita e foi levado pelo Corpo de Bombeiros até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida.

Policiais do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) também foram chamados e confirmaram que o condutor é militar. Eles jogaram a lata de cerveja do homem, que foi preso em flagrante.

No final da ocorrência, um gesto de solidariedade marcou o socorro: bombeiros compraram as duas últimas cestinhas que a família vendia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions