A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/11/2015 10:04

Câmeras podem identificar bandidos que colocaram bomba em caixa

Luana Rodrigues
Policial do Bope neutralizou a bomba. (Foto: Marcos Ermínio)Policial do Bope neutralizou a bomba. (Foto: Marcos Ermínio)

As imagens das câmeras de segurança da agência do Bradesco da Rua 13 de Maio serão uma das ferramentas utilizadas pela polícia para identificar os criminosos que atearam fogo e tentaram explodir um caixa eletrônico no banco. As investigações começaram na tarde de ontem(17) e serão realizadas pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), mas a polícia ainda não tem suspeitos.

Conforme o delegado Fábio Peró, as imagens servirão principalmente para identificar o porte físico dos criminosos, mas não tem qualidade suficiente para mostrar o rosto e a identidade deles. Sendo assim, é o trabalho dos investigadores que levará a polícia até os criminosos.

Segundo o delegado, ainda não é possível afirmar se os bandidos eram "amadores" ou "profissionais", apesar de o crime ter sido frustrado. "Muitas quadrilhas profissionais cometem crimes frustrados, então vai depender das investigações", explicou.

Para ajudar na identificação da origem do explosivo e, quem sabe, até dos suspeitos, o GBE (Grupo de Bombas e Explosivos) do Bope (Batalhão de Operações Especias) irá realizar um estudo, com base no pó encontrado no artefato. "A partir da análise podemos saber se o grupo tinha experiência na produção desses artefatos, já que podemos saber o tipo de material utilizado, se foi industrial ou improvisado", explicou.

Segundo o major Vagner Ferreira da Silva, ontem os policiais realizaram a neutralização do explosivo, e não explosão, como havia sido informado. "O procedimento é adotado para evitar que o artefato seja detonado e garantir a segurança de todos que estavam nas proximidades do local", disse.

O caso - A tentativa de furto de caixas eletrônicos na agência do Banco Bradesco na Rua 13 de Maio, entre as ruas Dr. Aníbal de Toledo e José Santiago, próximo à Avenida Eduardo Elias Zahran, na madrugada de ontem, obrigou a Polícia Militar a isolar as imediações e bloquear a rua nesta manhã para detonar parte dos explosivos que falharam no momento do roubo frustrado.

A reportagem apurou que o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar um incêndio na agência do Bradesco por volta das 4 horas da manhã. No entanto, ao chegarem ao local os bombeiros observaram que não eram um simples incêndio, mas uma tentativa frustrada de roubo aos caixas eletrônicos e observaram que havia parte dos explosivos ao lado das unidades de caixas eletrônicos.

Como não havia condições de desarmar o artefato, os policiais decidiram neutralizar a parte do explosivo que falhou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions