A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/08/2012 19:12

Campo Grande supera meta do Ideb para 2011 no Ensino Fundamental

Nadyenka Castro

Nas séries iniciais, a Capital evoluiu, já nas finais o índice se manteve. Rede privada não alcançou no Ensino Médio

Rede Municipal de Ensino superou meta no ensino fundamental. (Foto: Arquivo)Rede Municipal de Ensino superou meta no ensino fundamental. (Foto: Arquivo)

Escolas de Campo Grande superaram a meta do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) estabelecida para o ano passado para o Ensino Fundamental. Já para o Ensino Médio, a rede privada não atingiu o número apontado como ideal pelo Governo Federal.

De acordo com dados divulgados nesta terça-feira, pelo MEC (Ministério da Educação), a Capital teve nota 5,6 ano passado nas séries iniciais do Ensino Fundamental, cuja meta era 4,8. O desempenho foi melhor do que em 2009, quando foi registrado 5,1.

Conforme o MEC, 77,7% dos municípios brasileiros alcançaram a meta 2011, levando em consideração as escolas públicas. A rede estadual de ensino teve nota 5 e a municipal 5,8.

Nas séries finais do Ensino Fundamental, Campo Grande teve nota 4,4 e a meta era 3,9. Em 2009, a Capital teve o mesmo desempenho e, segundo o MEC, 62,5% dos municípios alcançaram a meta.

As escolas estaduais de Campo Grande não alcançaram a meta nacional: a nota foi 3,5. Já a rede municipal teve nota 5.

Ensino Médio - Na média geral, Campo Grande teve nota 3,8. Dois pontos a menos que a meta.

No entanto, a rede privada não alcançou o número apontado como ideal pelo Governo Federal. A nota foi 5,5 e a meta, 6. Já a nota da rede estadual de ensino foi 3,5, e o ideal 3,2.

Ideb - O Ideb é calculado a partir da taxa de aprovação e do desempenho dos alunos na Prova Brasil, avaliação aplicada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) a cada dois anos. A avaliação é realizada desde 2005, quando não foi estabelecida nenhuma meta.

A nota tem escala de 0 a 10, e o País, ficou com nota 5. O resultado de 2011 supera a meta estabelecida: 4,6 pontos. Também é 0,4 ponto superior ao verificado em 2009.

Com base nessas informações, são atribuídas notas para cada escola pública do país, assim como para as redes de ensino e para os municípios e os estados. Cada escola, prefeitura e governo estadual tem uma meta que deve ser atingida de dois em dois anos.

O objetivo do Ideb é fomentar a melhoria da qualidade do ensino para que o país atinja a nota 6 para as séries iniciais do ensino fundamental até 2022, bicentenário da Independência.

Em 2005, o Ideb aferido para os anos iniciais foi 3,8. Em 2007, subiu para 4,2, em 2009, para 4,6, e agora chegou aos 5 pontos. Em todas as edições, as médias nacionais superaram as metas estabelecidas para o período.

Ensino Médio em MS passa meta nacional do Ideb
Apontado pelo MEC (Ministério da Educação) como grande desafio para o Ideb (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), o Ensino Médio em Mato Gr...
No Ensino Fundamental, MS tem a menor nota do Centro-Oeste
As escolas de Mato Grosso do Sul tiveram a menor nota entre as da região Centro-Oeste no Ensino Fundamental, apontam dados do Ideb (Índice de Desenvo...


Isso é a maior furada, isso não serve para avaliar ninguem, quem tem filho , põe ele pra fazer uma redação, até quem não é professora vai se assustar com os erros grosseiros, sem contar com outras matérias, essas crianças estão saindo da escola, eu falo da maioria, sem saber nada.
 
elia bento em 15/08/2012 09:39:10
Tem mais, hoje pra um professor ser admitido em uma escola , ele precisa de faculdade, pra subir mais um pouco, de mestrado, doutorado e assim vai, mas e aí ??? qual o motivo pra qualidade dentro das escolas ter caído tanto , eu não tenho faculdade, e acho que escrevo melhor que muitos que tem, sou da época que professor entrava na sala de aula só com o giz. PROFESSORES VAMOS RECICLAR
 
elia bento em 15/08/2012 05:36:27
O problema é que o brasileiro está se contentando com muito pouco. Uma nota em que avalia de 0 a 10 o ensino fundamental tirar 4,4 e ainda ser comemorado é muita coisa... Se a média nacional está tão baixa e nem as escolas particulares conseguem atingir uma nota 7 ou 8, alguma coisa está muito errada... Ou o ensino está péssimo ou os critérios avaliados são inatingíveis...
 
Helen Rangel em 15/08/2012 03:24:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions