A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/07/2012 13:28

Grupo de médicos para serviços de exames a usuários de dois planos

Paula Vitorino

A partir desta segunda-feira (30), estão suspensos os exames de radiologia e diagnóstico por imagem pelo IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) e pelo PAS da UFMS (Programa de Assistência a Saúde da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

A greve tem a participação de 73 médicos e 20 clínicas de Campo Grande. Os manifestantes afirmam que o serviço ficará suspenso até 30 de janeiro de 2013.

Os casos de urgência e emergência continuarão sendo atendidos. Os usuários dos planos afetados pela paralisação só poderão ter acesso aos serviços de radiologia e imagem antes dos seis meses caso as instituições se comprometam em cumprir as reivindicações e atualizar os valores.

A Sociedade Sul-mato-grossense de Radiologia e Imaginologia (SSRI), diz que a medida extrema foi tomada após negociações salariais frustradas. A categoria reivindica reajuste de remuneração de acordo com a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos – CBHPM.

“A remuneração baseada na CBHPM representa o mínimo necessário para os profissionais e clínicas se manterem, renovarem seus equipamentos e cobrirem seus custos. Hoje estamos pagando para trabalhar”, diz a presidente da SSRI, Sirlei Ratier.

Ela ainda ressalta que “se o diagnóstico por imagem parar, a medicina para”.



PARABENS A NOSSA ATUAL ADMINISTRAÇAO....JA NAO DA AUMENTO DIGNO AOS FUNCIONARIOS,,E AGORA MAIS ESSA ,APROVEITEMOS A ELEIÇOES PRA DAR O TROCO,,CONTINUAR NA MESMA NÃO DÁ............OLHO VIVO E VOTO CONSCIENTE NAS URNAS..........
 
SIMONE PESSOA em 30/07/2012 07:04:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions