A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

08/05/2019 13:12

Com radares, cai o número de mortes no trânsito de Campo Grande

De dezembro até o fim de março, carros e motos passaram pelas vias com controladores de velocidade 10,1 milhões de vezes

Mayara Bueno
Avenida Manoel da Costa Lima, em Campo Grande, é um dos pontos com redutores de velocidade instalados próximo à faixa de pedestre. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo).Avenida Manoel da Costa Lima, em Campo Grande, é um dos pontos com redutores de velocidade instalados próximo à faixa de pedestre. (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo).

A reativação dos controladores de velocidade, em Campo Grande, já reflete na redução de acidentes e mortes no trânsito da cidade. Em 2019, foram 22 vítimas fatais nas ruas da cidade, enquanto em 2017 e 2018, quando os equipamentos estavam desligados, foram 70 e 87, respectivamente.  

Em três meses com redutores e controladores ligados, 22,2 mil multas foram aplicadas para motoristas que desrespeitaram o limite de velocidade dos radares de Campo Grande - número considerado baixo comparada às 10,1 milhões de vezes que veículos passaram pelos equipamentos, segundo dados da Prefeitura de Campo Grande.

Hoje, Campo Grande tem 32 controladores, que começaram a ser reativados em 22 de dezembro de 2018. As 22 mil multas representam 0,22% do total do tráfego nos locais. “Ou seja, temos 99,78% de índice de respeito. O que esperamos é que baixe ainda mais [o número de multas aplicadas]”, afirmou o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno.

Segundo o diretor, os números são de dezembro ao fim de março - dados de abril ainda não foram contabilizados. Aos poucos, outros pontos com equipamentos pela cidade voltam a funcionar. Primeiro, a agência faz estudo na via e verifica índices de velocidade e acidentes, para instalação dos radares. 

Os 32 equipamentos se distribuem em locais diferentes, mas também nos dois sentidos de uma mesma via - em limites que variam de 30 km, nas lombadas, e 50 km nos radares. Os endereços podem ser conferidos aqui. Janine lembra que os bons motoristas, que respeitam as normas de trânsito, não são multados ou, quando acontece, por "momentos de desatenção".

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions