A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Abril de 2019

19/11/2018 15:18

Com reforma, Depac Centro vai se mudar para delegacia no Monte Castelo

Revitalização de unidade será realizada por detentos, em convênio com o Conselho da Comunidade e o Judiciário estadual

Humberto Marques
Depac Centro mudará de endereço durante realização de obras para recuperação da estrutura. (Foto: Sejusp/Divulgação)Depac Centro mudará de endereço durante realização de obras para recuperação da estrutura. (Foto: Sejusp/Divulgação)

A partir de quinta-feira (22), os serviços da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro passarão a ser realizados na 2ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, na Avenida Monte Castelo –no Monte Castelo. A mudança se deve às reformas a serem realizadas na infraestrutura da unidade policial da região central.

Segundo informações da Polícia Civil, também por conta da transferência, tanto a Depac Centro como a 2ª DP não terão atendimentos na quarta-feira (21), das 8h às 18h. No período, serão realizadas as adequações necessárias na unidade provisória –depois desse horário, os serviços serão restabelecidos.

Quem necessitar de atendimento antes prestado nessas unidades poderá procurar outras delegacias de Campo Grande, como a 1ª DP e a Depac Piratininga.

Mãos que Constroem – A Depac Centro será revitalizada dentro do projeto Mãos que Constroem, que usa mão de obra de detentos dos regimes aberto e semiaberto do sistema penal da Capital para realizarem obras em prédios da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

A iniciativa é feita em parceria com o Poder Judiciário e o Conselho da Comunidade de Campo Grande. Diferentemente do que acontece nas reformas de escolas –onde o trabalho é bancado com verbas do fundo formado por 10% do salário de cada apenado que trabalha em convênios com poder público e iniciativa privada–, a revitalização de delegacias tem apenas a mão de obra dos presos, autorizada pela 2ª Vara de Execução Penal.

A atividade, porém, também ajuda na ressocialização e redução de penas, resultando ainda na conclusão dos trabalhos em um período menor de tempo –a execução chega a ocorrer em até 50% do tempo previsto em um cronograma normal. Ao final, o reeducando recebe carta de recomendação atestando eficiência no trabalho, descrevendo sua atuação, a fim de ajudar na reinserção no mercado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions