ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Com salas de tecnologia sucateadas, Semed adota aulas de informática itinerante

Como equipamentos ficaram defasados, espaços serão fechados e caminhão levará estrutura às escolas

Por Kamila Alcântara e Izabela Cavalcanti | 20/03/2024 10:12
Laboratório de informática em escola municipal no distrito de Rochedinho (Foto: divulgação PMCG)
Laboratório de informática em escola municipal no distrito de Rochedinho (Foto: divulgação PMCG)

A prefeita de Campo Grande Adriane Lopes (PP) confirma que a Reme (Rede Municipal de Educação) deixará de ter laboratórios de informática nas escolas e as aulas passarão a ser por atendimento itinerante, com uso de notebooks. Essa medida vai descartar os equipamentos obsoletos e aproveitar os espaços para abertura de mais vagas da Rede.

Durante evento no ParkTecCG, na manhã desta quarta-feira (20), Adriane afirmou que a última aquisição de computadores portáteis foi para colocar em prática essa nova forma de apresentar as tecnologias aos estudantes.

"Nós estamos fazendo um projeto piloto itinerante, em que várias ações serão feitas através desse projeto nas 205 escolas do município. As salas de informática eram espaços esquecidos nas escolas com equipamentos obsoletos, que não tinham mais utilidade. Transformamos os espaços em salas abrindo mais vagas", explica Adriane.

Em consulta ao Portal da Transparência da Prefeitura de Campo Grande, o Campo Grande News apurou que foram firmados, entre janeiro do ano passado e este mês, contratos que somam R$ 16 milhões para a compra de notebooks. O projeto itinerante vai levar os aparelhos para as escolas de acordo com um calendário, que ainda não foi definido.

"Um projeto itinerante não precisa ter uma sala. Então, não é que foram fechadas as salas de computação, as salas foram transformadas. Esse projeto está pronto para começar", garante a prefeita.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.



Nos siga no Google Notícias