A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/05/2011 06:49

Comerciante da Capital tem prejuízo ao cair no golpe do crédito de celular

Francisco Júnior

Prejuízo foi mais de R$ 700

Uma comerciante que atua na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) foi mais uma vítima do golpe do crédito de celular.

Conforme consta no boletim de ocorrência, a vítima recebeu um telefone de um homem que se identificou como João e seria pró-reitor da instituição acadêmica.

Na ligação, ele pediu para a comerciante inserir créditos em quatro números e que sua filha passaria no estabelecimento para pagar.

A vítima acreditou que se tratava do pró-reitor, por o ter identificado pela voz e por ele ter dado o nome de pessoas conhecidas. Ela então transferiu os créditos e seu esposo foi a sede da pró-reitoria receber, porém a sala estava fechada. A comerciante telefonou para os números informados, mas ela não recebeu retorno, foi quando percebeu que caiu em um golpe.

O prejuízo da vítima passa dos R$ 700.

O boletim foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


concordo plenamente com o que o Samuel disse.. Infelizmente é assim que as coisas funcionam no Brasil
 
Fabiane London em 26/05/2011 12:05:06
Prejuízo não, deu pq quis, prejuízo seria se tivesse sob ameaça, pessoas de bem não ligam p/ ninguém pedindo crédito de celular, além do que, quem gasta setecentos mil-réis/4 de celular obviamente iria usar pós-pago. Como disse o outro, se fosse um estudante ou pessoa humilde levava um não. Bem feito!
 
Claudio Arantes - CG/Amambai em 26/05/2011 11:39:34
O golpe que dá prejuizos financeiros só acontece com pessoas ganânciosas ou que não ajudam os necessitados. Já vi muitos irem ao comercio pedir doaçao de alimentos,roupas pra creches e terem seus pedidos negados.A comerciante do caso só liberou os creditos porque foi o pedido de um "reitor", se fosse de um Zé Ninguem ela, com certeza não atenderia. Nesse momento, os bandidos estão rindo a tôa e gozando da bobeira de mais uma que pôs creditos em 4 celulares,cada um em uma cela...O pior q ela ainda fez B.O,não sei pra quê!!! Acusando não sei quem! Talvez o Jão... Que coisa,hein?
 
samuel gomes-campo grande em 26/05/2011 08:38:55
Sinto muito senhora, não adianta chorar o leite derramado. Os golpistas estão a todo vapor. Temos que ter desconfiômetro para não cair em aramadilhas.
 
jose alfredo de melo em 26/05/2011 07:33:40
Esse golpe é mais velho que brincadeira de guri flatulando dentro de cobertor e ainda tem gente que cai.
 
Orlando Lero em 26/05/2011 03:06:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions