A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

09/02/2018 15:59

Comissão define prazo para esvaziar pátios de delegacias lotados de carros

A reunião para resolver o problema aconteceu na terça-feira, entre Polícia Civil, leiloeiros e Comissão de Alienação de Bens Apreendidos em Ações Penais

Geisy Garnes
Pátio da Derfuv concentra carros e motos apreendidas (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)Pátio da Derfuv concentra carros e motos apreendidas (Foto: Marcelo Calazans/Arquivo)

Uma reunião entre Polícia Civil, Comissão de Alienação de Bens Apreendidos em Ações Penais e leiloeiros, definiu a remoção dos veículos apreendidos e depositados no pátio do Fórum de Campo Grande, da Defurv ( Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) e de outras três delegacias do interior do Estado.

O encontro, presidido pelo juiz auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça, Fernando Paes de Campos, aconteceu na terça-feira (6) após a Comissão receber uma solicitação da Covep (Coordenadoria das Varas de Execução Penal) para resolver o problema de superlotação nos dois pátios em Campo Grande e das delegacia de Sidrolândia, Água Clara e Brasilândia.

Segundo o TJ-MS atualmente há três classes de veículos nos pátios das delegacias: aqueles com processo criminal identificado, aqueles sem processo criminal, mas com inquérito policial identificado, e aqueles sem origem identificada.

Na reunião, Campos afirmou que, mesmo não sendo atribuição da Comissão, serão feitas buscas por meios para a alienação dos veículo sem processo criminal identificado, já que o problema da superlotação é grande e “precisa ser enfrentada”.

O encontro definiu que os leiloeiros responsáveis pelos pátios das delegacias de Água Clara, Sidrolândia e de Bandeirantes, devem retirar os veículos dos locais em um prazo de 40 dias.

O Presidente da Comissão afirmou que irá buscar meios para a alienação dos veículos sem processo criminal identificado. Paes de Campos esclareceu que esta não seria, em princípio, uma atribuição da Comissão, mas como o problema existe e é grande, precisa ser enfrentado.

A reunião definiu uma expectativa de solução para o pátio das Delegacias de Água Clara, Sidrolândia e de Bandeirantes, cujos leiloeiros responsáveis pelos respectivos locais se comprometeram em retirar os veículos dos pátios no prazo de 40 dias. Em Ponta Porã, que hoje tem 180 automóveis com processo criminal identificado, o prazo é de 60 dias.

Além disso, os leiloeiros se comprometeram a dividir entre si a remoção de todos os veículos depositados no pátio do Fórum de Campo Grande e Defurv em um prazo de 60 dias. A reunião contou ainda com a presença da delegada titular da delegacia especializada, Aline Gonçalves Sinnott Lopes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions