A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/06/2013 19:32

Companhias anunciam fechamento do aeroporto por 4 meses, mas Infraero nega

Mariana Lopes

As companhias aéreas anunciaram às agências de viagens que o Aeroporto Internacional de Campo Grande irá fechar a pista para pousos e decolagens durante o período de setembro deste ano a janeiro de 2014, para manutenção de segurança.

A informação é de que a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) enviou um comunicado por email a todas as companhias de aviação para anunciar o fechamento da pista durante a madrugada, das 23h até às 9h do dia seguinte, a partir do dia 1º de setembro deste ano até o dia 2 de janeiro de 2014.

Segundo o presidente da ACOV (Associação dos Consultores de Viagem de MS), Roberto Lastória, a notícia preocupou tanto as companhias quanto os agentes de viagem.

“Vai prejudicar o mercado, não tem como as companhias remarcarem todos os voos, a demanda é muito grande e esse é o nosso principal medo”, comenta Roberto.

O presidente da associação alerta ainda para a superfaturação nos preços das passagens neste período, mas também reconhece que é uma reforma normal e essencial na aviação, pois, segundo ele, a pista do aeroporto da Capital está muito emborrachada.

“Vamos tentar negociar com a Infraero para reduzir o horário, mas o ideal mesmo é fazer a manutenção da pista no período da tarde, quando tem menos voos”, diz Roberto.

Porém, segundo a assessoria de imprensa regional da Infraero, nenhuma reunião ocorreu para comunicar o fechamento do aeroporto. A informação é de que está prevista uma revitalização da pista do Aeroporto Internacional de Campo Grande, mas ainda na sem data marcada para começar.

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa, a mesma revitalização que será feita na Capital, para manter a segurança em pousos e decolagens, foi realizada neste ano nos aeroportos de Cuiabá e Goiânia, onde a pista ficou interditada em alguns períodos.

A assessoria de imprensa informa que para definir a manutenção da pista antes é necessária uma reunião com as companhias aéreas, trades de turismo e Força Aérea Nacional, o que ainda não ocorreu.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Bom si para reformar o banheiro gastaram 1,5 milhoes imagina quanto vao levar para esta reforma lembrando que a empresa que diminuio o banheiro do aeroporto cobrou 1,5 milhoes
engraçado e que eu nao vi nenhuma torneira de ouro la e que reutilizarao partes do antigo banheiro para reforma .a mafia e grande !!! isto e caso para o mp envestigar !
pois o aeroporto de campo grande esta abandonado .falo isto pois trabalho la....
 
carlos silva em 06/06/2013 14:54:01
Isto está acontecendo atualmente no aeroporto de Goiânia, com grandes transtornos. Como em Campo Grande temos 2 pistas, salvo engano, talvez fosse o caso de as companhias adequarem as aeronaves para o período da interdição.
 
EDSON TROMBINE LEITE em 05/06/2013 21:49:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions