A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/08/2015 16:29

Contemplados pelo Vale Universidade assinam termos de compromisso

Ricardo Campos Jr. e Michel Faustino
Estudante assina termo de compromisso para receber o Vale Universidade (Foto: Fernando Antunes)Estudante assina termo de compromisso para receber o Vale Universidade (Foto: Fernando Antunes)
Governador ressaltou a importância do programa (Foto: Fernando Antunes)Governador ressaltou a importância do programa (Foto: Fernando Antunes)

Os 500 estudantes aprovados para o Vale Universidade de inverno assinaram os termos de compromisso nesta quarta-feira (19) para começarem a receber o benefício. A solenidade contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e da vice Rose Modesto (PSDB), que é titular da Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Neste ano, o governo já concedeu outras 66 bolsas para que jovens possam cursar o ensino superior em instituições particulares ou ajudas de custo para alunos de universidades públicas.

O valor depende do curso e do estabelecimento de ensino escolhido pelo universitário. O programa banca 70% da mensalidade, enquanto as instituições contribuem com 20%, ficando os estudantes responsáveis por pagar apenas 10% do valor.

“É importante essas parcerias com as universidades privadas que fazem o convênio para garantir que os alunos tenham esse desconto. Com isso, o sonho de muita gente de chegar em uma universidade se torna realidade”, afirma o governador. No estado existem 44 instituições conveniadas espalhadas em 50 municípios do estado.

No caso das ajudas de custo para estudantes de faculdades federais ou estaduais, o repasse é calculado pela média entre as mensalidades da graduação cursada pelo candidato nas universidades particulares de Mato Grosso do Sul.

Para serem considerados habilitados, os acadêmicos precisam comprovar renda individual de até R$ 1.448 e familiar de até R$ 2,8 mil.

O governo recebeu 1,6 mil inscrições para o Vale Universidade do segundo semestre, dos quais 941 foram declarados aptos para receber os benefícios. Como eram apenas 500 vagas, os 441 estudantes que ficaram de fora serão beneficiados por um convênio entre o estado e o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), que oferece cursos e encaminhamento ao mercado de trabalho.

A assinatura dos termos de cooperação entre a empresa e a administração pública também foi realizada nesta quarta.

Eduardo terá descontos para cursar educação física na Facsul (Foto: Fernando Antunes)Eduardo terá descontos para cursar educação física na Facsul (Foto: Fernando Antunes)
Ilan estuda na UFMS e receberá ajuda de custo pelo Vale Universidade (Foto: Fernando Antunes)Ilan estuda na UFMS e receberá ajuda de custo pelo Vale Universidade (Foto: Fernando Antunes)

Dinheiro bem vindo – Se não fosse o Vale Universidade, o aluno de educação física da Facsul Eduardo Portolan talvez não conseguisse terminar o curso que começou no início do ano. Agora, ele não precisa mais ter a incerteza se irá conseguir se formar daqui a três anos.

Ilan Silveira de Souza, 24 anos, estuda psicologia na UFMS e está no quarto semestre. “O programa é um bom incentivo. Mesmo que seja apenas uma ajuda de custo, já é significativo. Se for procurar bolsas pela própria universidade é uma burocracia muito grande. O dinheiro ajuda na compra de livros e material de estudo”, relata.

Governo divulga lista de aprovados no programa Vale Universidade
Estudantes considerados habilitados para ter acesso à edição de inverno do PVU (Programa Vale Universidade) poderão conferir o resultado da seleção a...
Estado ampliará vagas no Vale Universidade com novo processo
O governo do Estado anunciou que irá criar novas vagas para Vale Universidade de Mato Grosso do Sul, em uma edição inédita de inverno, pois o program...
Secretaria abre edição extra do Vale Universidade estadual
O governo estadual vai abrir uma edição extra do vale universidade para beneficiar novos alunos no segundo semestre do ano. Segundo a Sedhast (Secret...
Secretaria discute melhorias e alterações no Vale Universidade Indígena
A Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Trabalho) está discutindo com a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), possíveis m...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions