A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/11/2012 08:49

Continua na UTI idoso que filha diz ter apanhado em presídio

Paula Maciulevicius
Veríssimo Campos da Silva permanece internado em estado grave na Santa Casa. (Foto: Minamar Júnior)Veríssimo Campos da Silva permanece internado em estado grave na Santa Casa. (Foto: Minamar Júnior)

Veríssimo Campos da Silva, 64 anos, que a família relata ter sido espancado no presídio, continua respirando por aparelhos na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa. O idoso é acusado de amarrar e amordaçar uma criança de 9 anos para roubar e estava preso no Instituto Penal desde o dia 7 de novembro.

Em entrevista ao Campo Grande News, a filha do idoso, Eliane Paiva da Silva, 33 anos, contou que ficou sabendo da prisão do pai pela imprensa, ligou na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, responsável pela investigação e foi informada que o pai havia sido transferido para um presídio, mas não souberam dizer qual.

Depois de procurar um advogado, a mulher descobriu na terça-feira que o pai estava internado em coma na Santa Casa. De acordo com o advogado, Wilton Acosta, o idoso foi agredido por outros detentos no sábado e no mesmo dia havia sido transferido para outra cela, porém mais tarde eles mudaram a informação dizendo que idoso tinha sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

No domingo (11) ele teve uma convulsão e foi levado para o posto de saúde do bairro Tiradentes. Devido ao estado de saúde, ele foi encaminhado para a Santa Casa, onde permanece internado sob escolta policial. A família alega ter a informação de que Veríssimo deu entrada no hospital com TCE (Traumatismo Craniano Encefálico) e hemorragia cerebral, no entanto na ficha dele não havia nenhum dado. “Internaram meu pai sem identificação”, lamenta a filha.

Eliane registrou boletim de ocorrência por lesão corporal na 1ª delegacia de Polícia Civil. “Eu quero uma explicação e saber o que realmente aconteceu com o meu pai. Eles não tiveram nenhum respeito com a nossa família”.

A assessoria de imprensa da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), disse que o idoso teve um AVC, porém a direção do presídio abriu um procedimento de investigação para verificar se o fato tem algum envolvimento dos internos.

Caso - O vendedor de picolé foi preso na tarde da última terça-feira (6) ausado de roubar uma menina de 9 anos, no bairro Jardim Colúmbia. O homem foi segurado pela vizinhança, depois que a menina gritou por socorro. Ela foi encontrada amarrada e amordaçada com um cinto dentro da casa dela.

Segundo a Polícia Civil, vizinhos ligaram dizendo que haviam detido um homem que tentava estuprar uma menina. Quando a Polícia chegou ao local, a criança disse que tinha comprado um picolé quando o idoso perguntou se ela estava sozinha em casa.

O homem levou a menina para dentro da casa, amarrou com um cinto mãos e a boca da criança. Em certo momento, ela conseguiu gritar, foi quando a vizinha entrou em casa e o idoso correu. Para os vizinhos, a menina disse que quem havia feito aquilo com ela era um vendedor de picolé ‘velhinho’ e de barba.

Os próprios moradores saíram correndo atrás e conseguiram deter o idoso. A casa da família da criança estava toda revirada e a mãe disse à Polícia que só deu falta de R$ 15 que foram levados da carteira.



o que me deixa mas triste,onde estavam os pais nesse momento ao deixar uma criança sozinha em casa. depois querem cobrar das autoridades.
 
dada de alencar em 18/11/2012 16:56:01
Deus que me perdoe em dizer isso, mas esse tarado tem mais é que vender picolés no inferno. Eu acho é pouco!!!
 
Fabiana Rocha em 16/11/2012 10:55:15
mais porque essa criança estava sozinha ?
 
flavio castro em 16/11/2012 10:16:45
É O PREÇO DE SER COVARDE E ATACAR CRIANÇAS.
 
LUCIANO MARQUES em 16/11/2012 10:02:53
A justiça precisa fazer um certo direcionamento ao prender um pessoa.
Um idoso de 64 anos, que não oferece nenhuma periculosidade, e que foi preso por ter roubado R$ 15,00 não pode ficar preso com bandidos de alto risco.
Agora, aí está uma situação complicada para a polícia resolver.
 
VALDIR VILLA NOVA em 16/11/2012 09:31:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions