A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/04/2016 13:20

Contra "onda incendiária", Bernal vai pedir apoio do governo para segurança

Aline dos Santos e Alberto Dias
Bernal (centro) vai pedir apoio do governo para a segurança. (Foto: Fernando Antunes)Bernal (centro) vai pedir apoio do governo para a segurança. (Foto: Fernando Antunes)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), vai pedir apoio do governo do Estado e deve utilizar até segurança “à paisana” após invasão de Ceinfs (Centro de Educação Infantil). A cidade também registra desde a semana passada incêndios criminosos em ônibus. Sendo o último caso registrado na madrugada desta terça-feira (dia 19).

Segundo Bernal, a expectativa é de que a Sejusp (Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública) auxilie na segurança das unidades.

No último domingo (dia 17), a creche Maria Dulce Prata Cançado, na rua Indianópolis, Jardim Noroeste, foi incendiada. No local, vários colchões, brinquedos, materiais didáticos e vidros das janelas foram danificados pelo fogo.

Também houve arrombamento, furto de alimentos e estragos a objetos no Ceinf Paulo Siufi, no Jardim Autonomista; Escola Municipal Professor Vanderlei Rosa de Oliveira, na região do Parque Novos Estados; e Irma Judith Bandera, no São Conrado. Os quatro casos ocorreram durante o fim de semana.

Fogo - Na semana passada, dois ônibus foram queimados, sendo um do transporte coletivo e outro que pertencia a uma igreja. A ação foi após um pente-fino na penitenciária Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima.

O ônibus incendiado hoje estava no pátio de um posto de combustíveis na avenida Guaicurus, no Bairro Universitário. O veículo pertencia ao Grêmio 8 de Abril, associação de militares de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions