A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

17/08/2017 19:15

Convênio para construção de casas deve ser assinado na semana que vem

Nyelder Rodrigues, Anahi Zurutuza e Mirian Machado

Prefeitura de Campo Grande e Governo do Estado devem assinar na próxima semana um convênio de R$ 4,9 milhões para construir 328 casas para ex-moradores da favela Cidade de Deus - que foram retirados da área, na Dom Antônio Barbosa, e transferidos para outros três locais espalhados pela Capital.

A construção das casas continuará sendo realizada no sistema de mutirão assistido, como foi planejado antes, quando a ONG Morhar ficou responsável por coordenar as obras. Porém, a execução foi marcada por irregularidades e a maioria das moradias não foram levantadas, apesar do dinheiro ter sido repassado.

Agora, a própria Emha (Agência Municipal de Habitação) é quem vai coordenar as construções, segundo o diretor-presidente da agência, Enéas José de Carvalho Netto. Depois de assinado o convênio, será necessário licitar a compra dos materiais.

"Estamos na fase final de questões burocráticas", comenta Enéas. Os moradores também receberão treinamento para construir, no esquema de mutirão, as 328 casas no Bom Retiro (região da Vila Nasser), Canguru e Teruel II.

Em evento nesta quinta-feira (17), o prefeito Marquinhos Trad (PSD) também comentou a questão. "Há muitos anos não se via prefeitura e Governo caminhando lado a lado, em harmonia. Isso gera segurança para quem quer investir, e investimento gera emprego e desenvolvimento", enfatiza Marquinhos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions