ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Depois da chuva forte, bairros da Capital passam por limpeza

Conforme a prefeitura, a maior concentração de trabalhos está no Condomínio da Setvillage, na Rua dos Emboabas

Por Viviane Oliveira e Antonio Bispo | 27/11/2023 08:49
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Depois da forte chuva, com ventos de 52 km/h que atingiram a Capital no fim da manhã de ontem, três equipes da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) fazem nesta segunda-feira (27) a poda de árvores, o recolhimento de galhos, a limpeza de boca de lobos e reparos onde houve solapamento (afundamento de solo).

Conforme a prefeitura, a maior concentração de trabalhos está na região do Condomínio da Setvillage, na Rua dos Emboabas, no entorno da Vila Nasser. Na região sul, na saída para Sidrolândia, e no Centro, na ciclovia da Avenida Afonso Pena, ainda há árvores caídas que não foram retiradas. A Sisep recebeu 12 pedidos de poda de árvores em vias públicas e 12 pontos onde serão executados serviços de raspagem para a retirada de terra e de sujeira levada pela água das chuvas.

Árvore de pequeno porte foi arrancada pela raiz, fechando a ciclovia na Avenida Afonso Pena (Foto: Vinicius Santana)
Árvore de pequeno porte foi arrancada pela raiz, fechando a ciclovia na Avenida Afonso Pena (Foto: Vinicius Santana)

Árvore de grande porte ainda permanece na Rua Álvaro Cotrim. Ao cair, os galhos puxaram as fiações de energia e telefonia, derrubando o poste próximo ao local. Na hora da queda, os moradores ficaram sem luz. “A energia só foi restabelecida no fim da tarde, às 17h30”, lamentou o instalador de forro Marcelo da Silva Almeida, de 44 anos.

Ele disse que o temporal foi tão forte que também derrubou uma árvore próximo dali, na Rua Marco Aurélio Beier, em frente à Escola Estadual Neyder Sueli. “Essa árvore foi retirada ontem mesmo pelo Corpo de Bombeiros para liberar a via”, contou. As aulas seguem normalmente nesta manhã.

Segundo Marcelo, quando chove os motoristas costumam trafegar justamente nas duas ruas (Álvaro Cotrim e Marco Aurélio Beier) que foram obstruídas pela queda das árvores, porque a Avenida Thirson de Almeida, prolongamento da Ernesto Geisel, costuma alagar.

“Ontem, os veículos tiveram que passar pelo meio da água mesmo. A situação ficou caótica”, destacou. Marcelo citou ainda que uma árvore próxima à casa dele ameaça cair. Ele disse que já solicitou remoção junto à prefeitura, mas ainda não teve retorno.

Galhos de árvores que ficaram pela calçada na Rua Marco Aurélio Beier (Foto: Marcos Maluf)
Galhos de árvores que ficaram pela calçada na Rua Marco Aurélio Beier (Foto: Marcos Maluf)

Ainda houve registro de destelhamento no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) no Jardim Aero Rancho, devido à chuva e ventania intensa. O local está funcionando normalmente. Por meio de nota, a SAS (Secretaria de Assistência Social) informou que o atendimento segue normalmente nesta segunda-feira (27) incluindo o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Conforme o texto, será feito um remanejamento dos serviços das salas afetadas para garantir o trabalho das equipes do Cadastro Único e o atendimento das crianças. “Ressaltamos que a equipe de manutenção da secretaria já foi avisada e estará na unidade logo no primeiro horário para realizar os reparos necessários”.

Equipes da prefeitura fazendo reparos na Rua dos Emboabas (Foto: divulgação / Sisep)
Equipes da prefeitura fazendo reparos na Rua dos Emboabas (Foto: divulgação / Sisep)

Buraco na rua - A chuva também abriu crateras pela cidade. Na Rua Spipe Calarge, por exemplo, um buraco foi flagrado no meio da via. "Uma motociclista quase caiu", disse o leitor Vinícius Santana que passou por lá nesta manhã e fez o registro. Assista, ao vídeo, abaixo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias