A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

23/01/2015 12:17

Diretora é ameaçada com pichações em muro de escola no Noroeste

Filipe Prado
Várias pichações estão espalhadas pela escola (Foto: Marcelo Calazans)Várias pichações estão espalhadas pela escola (Foto: Marcelo Calazans)

A diretora da Escola Municipal Senador Rachid Saldanha Derzi, no Jardim Noroeste, na saída para Três Lagoas, Aparecida Ivone Santo Andréa, está sendo ameaçada por pichadores da região. Frases estão sendo escritas nos muros da escola e deixando os funcionários com medo.

Uma professora, de 49 anos, que preferiu não se identificar, contou que os funcionários estão com medo de voltar às aulas, por conta das pichações. Em uma das ameaças, os pichadores escreveram no muro, “Ivone, sua batata está assando. Cuidado!!!”.

Os funcionários da escola tentaram esconder outras pichações que foram feitas. No entanto, algumas ainda podem ser lidas, como: "aqui, filho de pobre é comércio nesta escola".

“Não sabemos se são alunos ou pais”, admitiu a professora. Ela afirmou que nenhuma ameaça física foi feita pelo pichador, mas revelou que os alunos da escola não respeitam os funcionários. “Eles falam palavrões, nos respondem, falam que vão nos denunciar”, comentou.

Para a professora, as ameaças começaram por que a diretora não deixa que os alunos quebrem as regras da escola. “Elas fazem com que eles respeitem o patrimônio e eles não gostam disso”, alegou a funcionária.

Conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) está investigando o caso junto com a polícia.

Os funcionários da escola tentaram esconder as ameaças (Foto: Marcelo Calazans)Os funcionários da escola tentaram esconder as ameaças (Foto: Marcelo Calazans)
Além das ameaças, a escola está toda pichada (Foto: Marcelo Calazans)Além das ameaças, a escola está toda pichada (Foto: Marcelo Calazans)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions