ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Dona de bar é chamada de “preta fedida” e apanha de clientes

Mulher relatou à polícia que foi agredida após questionar vendedor de espetinho que estava no local

Por Aletheya Alves | 20/06/2021 07:29
Boletim de ocorrência foi registrado na Depac Centro de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Boletim de ocorrência foi registrado na Depac Centro de Campo Grande. (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Proprietária de bar no bairro Santa Carmélia foi vítima de agressões físicas e injúria racial durante a noite deste sábado (19) após questionar um vendedor de espetinho. Conforme boletim de ocorrência, ela foi chamada de “preta fedida” por clientes durante a discussão.

Aos policiais, a mulher, de 33 anos, relatou que um vendedor de espetinhos estava em frente ao seu bar e, por isso, pediu que ele saísse do local. Um dos clientes, de 52 anos, entrou na discussão e passou a ofender a proprietária dizendo que iria fechar o comércio e falando “sai daqui sua preta fedida”.

Neste momento, a dona do bar tentou acionar a polícia e duas filhas do cliente também passaram a xingar a mulher de vagabunda, além de dar socos, empurrões e puxões de cabelo. Outro homem, marido de uma das agressoras, também entrou na briga e tentou cometer as mesmas agressões.

Com as violências, o aplique de cabelo da vítima foi arrancado e uma das suas mãos ficou machucada. Os envolvidos foram registrados como autores no boletim de ocorrência por lesão corporal dolosa e injúria racial na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário