A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Janeiro de 2018

18/03/2011 10:07

Empresa diz que mercado estava fechado quando aconteceu assalto

Nadyenka Castro

Rede Econômica presta assistência à família

Wellverson foi preso por envolvimento no crime. (Foto: Divulgação/ Asscom-PC)Wellverson foi preso por envolvimento no crime. (Foto: Divulgação/ Asscom-PC)

Em nota oficial, a Rede Econômica declara que o supermercado assaltado na noite dessa quinta-feira estava fechado quando o crime aconteceu. A empresa afirma também que presta assistência ao funcionário Rodrigo dos Santos Miranda, 20 anos, e à família dele.

“A Rede Econômica lamenta muito o ocorrido e oferece todo o apoio aos familiares e à vítima”.

De acordo com a nota oficial divulgada à imprensa, o fiscal de caixa está bem e não corre risco de morrer. Ele está internado na Santa Casa de Campo Grande, para onde foi levado pelo Corpo de Bombeiros, logo após ter sido ferido.

A empresa declara ainda que o sistema de segurança foi fundamental para identificação dos envolvidos no roubo, cujo dinheiro ainda não foi recuperado.

Está preso o açougueiro Wellverson dos Santos Rolão, 21 anos, que trabalha no supermercado e passou informações ao primo Diego, quem rendeu os funcionários, atirou em Rodrigo e fugiu com R$ 1,8 mil. O crime aconteceu por volta das 22 horas.

A Polícia agora procura por Diego e pela pessoa que pilotava a motocicleta que o levou ao comércio e deu fuga.

A Rede- A Rede Econômica de Supermercados iniciou as atividades em novembro de 2008 e é a maior rede varejista de Mato Grosso do Sul, com 56 lojas de supermercados, mais de 2 mil funcionários e mais 300 check outs.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions