A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/01/2015 23:45

Empresária reclama de omissão, banca a detetive e encontra o suspeito

Daniel Machado
Na última segunda-feira (26), na avenida Bandeirantes, próximo à agência do Banco do Brasil, foi encontrado um homem com características idênticas às do criminoso (Foto: Reprodução)Na última segunda-feira (26), na avenida Bandeirantes, próximo à agência do Banco do Brasil, foi encontrado um homem com características idênticas às do criminoso (Foto: Reprodução)

Um casal de empresários esta se vendo obrigados a desempenhar uma nova, e arriscada, função: a de detetive policial.

Isso tudo porque há exatamente uma semana, no último dia 22, o comércio do casal, na rua Guia Lopes, bairro Amambaí, foi invadido (15 dias após ser inaugurado) por um criminoso no meio da madrugada e subtraído em cerca de R$ 50 mil em roupas e acessórios femininos. “Até os cabides foram levados”, lamentou a empresária.

De acordo com ela, foi registrado Boletim de Ocorrência na Depac-Centro, na Rua Padre João Crippa, e o casal levou até mesmo as filmagens do sistema de monitoramento da loja, no qual aparecia a imagem nítida do rosto do criminoso no momento do roubo.

“O policial não se deu nem ao trabalho de abrir o pen drive e disse que era no mínimo 45 dias para analisar”, relembrou. “Investi mais de R$ 4 mil nesse sistema de alarme e monitoramento justamente porque isso pode ajudar a polícia em eventuais investigações e ninguém demonstra o menor interesse em utilizar esse material para localizar o criminoso”, disse.

O Campo Grande News teve acesso às imagens, encaminhadas pela empresária, nas quais é possível visualizar diversas informações a respeito do criminoso, como o porte físico avantajado, o cavanhaque, a deficiência na perna direita, o uso de uma muleta e do boné.

“Informei até dados do carro que o ladrão utilizou, um veículo preto antigo, pois ao disparar o alarme da loja acionou o meu celular e eu cheguei na loja a tempo de vê-lo entrando no carro e levando todos os meus produtos embora”, disse.

No entanto, o que deixou o casal  ainda mais indignado é que na última segunda-feira (26) o marido estava de carro na Avenida Bandeirantes, próximo à agência do Banco do Brasil, quando encontrou um homem com características idênticas às do criminoso.

“Ele era gordo, mancava da perna direita, usava cavanhaque, boné e estava entrando em um veículo Peugeot de uma empresa de alarme e monitoramento”, disse a empresária, que imediatamente recebeu a ligação do marido com todas as descrições. “Não podemos afirmar com 100% de certeza de que era a pessoa, mas anotamos o nome e o telefone da empresa, levamos essas informações à Polícia Civil e eles continuaram sem fazer absolutamente nada”, lamentou.

De acordo com a empresária, a Polícia Civil, responsável pela investigação de crimes, se mostrou totalmente omissa no momento em que ela mais precisou de ajuda técnica. No entanto, reconhece o empenho da Polícia Militar em tentar elucidar o crime. “Só agora começaram a ajudar, mas se não fossem por eles estaríamos totalmente desamparados até agora”, finalizou.

Homem é agredido e sofre afundamento de crânio na Júlio de Castilho
Márcio Ferreira dos Santos, 31 anos, foi agredido e sofreu afundamento de crânio, na noite de ontem (13), na Avenida Júlio de Castilhos, em Campo Gra...
Ceinf recebe nesta quinta parque de pneus construído por detentos
Acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 8h no Ceinf (Centro de Educação Infantil) Rafael Abraão - CAIC Aero Rancho, a entrega do parque constr...


Infelizmente senhora empresária o seu caso não teve e nem terá repercussão nacional. Se tivesse aparecido na televisão, com certeza teria um delegado “doido” para elucidar o caso e aparecer na mídia dando entrevista.
Já tentei por diversas vezes ter acesso a estatísticas de segurança, mas ninguém informa quantos boletins de ocorrência são registrados e quantos casos são elucidados. Não sou especialista em segurança publica, mas o dia que um Governador tiver a coragem de juntar as duas policias eu acho que as coisas irão melhorar.
 
Alex André de Souza em 30/01/2015 11:37:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions