A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/02/2014 16:08

Esposa confessa assassinato de dono de bar e diz que agiu em legítima defesa

Bruno Chaves

Alegando legítima defesa, Gonçalina Rodrigues Canavarro, 37 anos, confessou à polícia ter matado o marido José Milton Maciel, 41, com uma facada no tórax no último dia 16, no bairro Campo Nobre, em Campo Grande. O casal comandava um bar na região.

Gonçalina era considerada a principal suspeita de cometer o crime porque fugiu. Passadas as 24 horas do flagrante, a mulher se apresentou à 5ª Delegacia de Polícia da Capital e admitiu ser autora do crime.

Conforme explicação do delegado João Reis Belo, que investiga o caso, ela confirmou que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima há cerca de três anos. “Ele batia nela e no dia do crime os dois tiveram uma discussão quando ela decidiu sair de casa”, contou.

“No depoimento, ela conta que o marido não gostou da atitude e ameaçou: ‘se você sair de casa eu te mato’. Para se defender, ela conta que pegou uma faca e atingiu o homem”, emendou o delegado.

Ainda conforme Reis Belo, Gonçalina foi ouvida e liberada. Ela vai aguardar o processo em liberdade. “Não tem o porque de eu pedir a preventiva dela, já que ela tem endereço fixo e se apresentou de forma espontânea”, finalizou.

O crime – O dono de bar foi esfaqueado na noite do dia 16 depois de uma discussão com a esposa. A polícia sempre suspeitou que a mulher fosse a autora do crime por causa da fuga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions