A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/05/2011 12:47

Família deixa “Cidade de Deus” e recebe casa em condomínio popular no Noroeste

Ítalo Milhomem
Casas foram entregues na manhã de hoje, no Noroeste.Casas foram entregues na manhã de hoje, no Noroeste.

Nesta sexta-feira (27), 213 inquilinos com renda até 3 salários mínimo receberam as chaves de suas casas no condomínio Nova Serrana, construído por meio do Programa Minha Casa Minha Vida em Campo Grande.

As casas que custam cerca de R$ 38 mil foram entregues para famílias que estavam há anos esperando uma residência própria para morar.

É o caso do casal Nelson e Silva, de 50 anos, e da esposa Sirlei Martins Souza, de 32 anos, que moravam com os dos filhos, um de 13 e outro de 9 anos e um barraco de única peça no bairro Dom Antônio Barbosa, na favela conhecida como “Cidade de Deus” e agora tem um lar co dois quartos, sala cozinha e banheiro.

Ele que trabalha como operador de máquinas e ela que é dona de casa contam que não sentiram saudades do lugar onde morava.

“Me senti realizada porque há muitos anos esperava por uma oportunidade de uma casa própria agora é murar a casa e ser feliz”, contou Sirlei.

Josilene Auxiliadora Rosário Ferreira, de 30 anos, conta que desde 2004 esperava ser contemplada por imóvel para morar. Ela vivia junto com marido e outros três filhos em uma casa cedida pela sua irmã no bairro Atlântico Sul. Hoje ela exibiu orgulhosa a chave da casa.

Com planos mais ousados, Maria Ramona Alves Fonseca, de 45 anos, planeja mudar da casa onde está vivendo no Monte Castelo para o Jardim Noroeste e encontra um marido.

“Com a casa, agora só falta arranjar um marido novamente”, comentou Ramona que viverá sozinha no novo endereço.

Durante a entrega das casas, varias autoridades do município e do Estado estiveram presentes entre elas, o governador André Puccinelli (PMDB), que visitou a casa do chileno Patrício Morales, onde ele viverá com a esposa e três filhos. Ele aguardava há seis anos ansioso pela moradia e somente foi contemplado este ano.

O governador André Puccinelli questionou os políticos da oposição, que agora querem que sejam realizados sorteios públicos para entregas populares. Para o governador, os critérios existentes pelos programas habitacionais da prefeitura e do Estado já atendem a demanda.

“Vamos sortear casa párea solteiros, sem temos vários casais aqui. Botem seus filhos nas escolas e sejam felizes”, finalizou o governador.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


afinal casa não é loteria, temos de casas pra quem precisa.
 
valdenir da rocha em 27/05/2011 08:59:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions