A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/12/2011 20:49

Fiscalização no lixão é feita por apenas um funcionário, diz Prefeitura

Wendell Reis

O secretário adjunto da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Campo Grande, João Alberto Borges dos Santos, informou que a segurança no lixão é feita por apenas um funcionário, o que dificulta a fiscalização. O secretário reconheceu o problema e prometeu redobrar a fiscalização.

Na tarde de ontem (28), Maikon Correia de Andrade, 9 anos, ficou soterrado depois que parte do lixão desmoronou. A criança estava junta com outras em um lugar chamado de barranco, uma espécie de buraco na montanha de lixo. A entrada de crianças no lixão é proibida, mas a criança estava no local com várias outras, que conseguiram escapar.

A busca por Maikon começou às 16 horas de ontem, depois que trabalhadores viram ele ser engolido pelo lixo. Após o acidente, três ambulâncias do Corpo de Bombeiros e uma do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) estiveram no local para tentar localizar o garoto, mas não tiveram sucesso. O corpo de Maikon foi encontrado no início da tarde desta quinta-feira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions