A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/07/2016 18:03

Gerente de imunização tira licença por estresse e falta a CPI das Vacinas

Michel Faustino

A gerente técnica do setor de imunização da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Cássia Tiemi Kanaoka, faltou a audiência da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Vacinas, que investiga suposto sumiço de doses da vacina contra gripe A (H1N1), marcada para a tarde desta sexta-feira (8). Um ofício foi encaminhado pelo secretário de Saúde, Ivandro Fonseca, informando que a servidora está de atestado médico desde o dia 28 de julho.

Conforme o documento, a servidora sofre com um “quadro de reação aguda ao estresse, ansiedade e insônia”, já que sua “vida profissional é atribulada e afeta sua saúde”. Seu quadro requer afastamento por 60 dias, ainda segundo o documento.

Entretanto, o relator da CPI, vereador Livio Viana (PSDB), questionou o laudo, que segundo ele, está em desacordo com a resoluções do CFM (Conselho Federal de Medicina), já que afastamento superior há 15 dias não deve ser feito pelo médico assistente, mas pelo mérito perito que faz o exame.

“O prazo solicitado coincide com o fim da CPI. Se ela não for ouvida, estaremos com o prazo da CPI vencido. Na véspera da oitiva, você recebe um comunicado como esse?”, questionou presidente da CPI, vereador Marcos Alex (PT).

O vereador Francisco Telles (PSD) criticou a justificativa dada pelo secretário. “Tanto a Comissão, como a Prefeitura, quer contribuir. Mas não é o que estou vendo por parte do secretário. É uma tentativa clara de obstrução a CPI”, disse.

Os vereadores aprovaram um requerimento solicitando o laudo junto ao órgão pericial. O documento será encaminhado para análise do CRM (Conselho Regional de Medicina).

A CPI também solicitou à Sesau CPF e RG da servidora Patrícia Mecatti Domingues, supervisora geral da Coordenadoria de Atenção Especializada da Diretoria de Assistência Social da pasta.

A ausência comprometeu ainda o depoimento da gerente da Unidade Básica de Saúde Dr. Astrogildo Carmona (UBS Vila Carlota), Léia Cristina Oliveira de Souza, que também seria ouvida hoje.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions