A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/12/2012 16:18

Golpista preso sumia após prometer vender veículo de clientes

Ele deu golpe até em locadora de automóveis. Compradores ficavam sem carros e sem dinheiro

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira
Alzemiro foi preso na manhã de hoje. (Foto: Simão Nogueira)Alzemiro foi preso na manhã de hoje. (Foto: Simão Nogueira)

Ele via anúncios de vendas de veículos, entrava em contato com o responsável, prometia negócio rápido e sumia. Era assim que agia, pelo menos desde 2008, Alzemiro Malheiros da Silva, 43 anos, preso por volta das 7h30min desta segunda-feira na avenida Fábio Zahran – Via Morena -, em Campo Grande.

De acordo com a delegada Maria de Lourdes Souza Cano, da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos), o estelionatário agia pelo menos desde 2008 e deu golpe até em locadora de veículos.

Ao saber que tinha alguém querendo vender o automóvel, Alzemiro prometia vender e entregar o dinheiro. Ele vendia o carro, mas sumia com o veículo e com o dinheiro. Todo o negócio era feito sem documentos.

Ele também locava veículos e não devolvia. Vendia o automóvel ou trocava por moto e, mais uma vez, sumia. “Ele se comprometia em vender o veículo e não passava o dinheiro para a pessoa. Ele dava um jeito e sumia do mapa”, declarou a delegada.

O prejuízo maior era de quem comprava o veículo oferecido por Alzemiro. O dono anterior registrava ocorrência, o automóvel era recuperado e quem comprou – de boa fé – ficava sem o carro e sem dinheiro.

Uma das últimas vítimas do estelionatário foi uma mulher que anunciou em um jornal a venda de um Fiat Palio. Alzemiro se ofereceu para intermediar o negócio e ela aceitou. A pessoa que comprou pagou R$ 5 mil e assumiu parcelas. A verdadeira dona acionou a Polícia.

Segundo a delegada, o golpista agia desde 2008, sendo preso pelo menos quatro vezes. A desta segunda-feira foi feita por mandado de prisão expedido em outubro.

Contra Alzemiro há 15 inquéritos e 13 ações penais em andamento. Ele responde pelos crimes de estelionato e apropriação indébita.

O golpista não quis conversar com a imprensa. Ao ser questionado pelo Campo Grande News se agia desde 2008, ele respondeu. “Desde 2008 que eu estou sendo preso”.



O psicopata ainda ironizou: "desde 2008 eu estou sendo preso" - deveria existir pena de morte pra esses tipos também. Sujeito asqueroso!!
 
Jane Cintra em 03/12/2012 22:48:14
"Contra Alzemiro há 15 inquéritos e 13 ações penais em andamento. Ele responde pelos crimes de estelionato e apropriação indébita." Alguém com um mínimo de 10 pontos no teste de Q.I. sabe que o mesmo não teve e nunca terá condições de ressocialização. Alguma das vítimas deste verme teve ressarcimento do dinheiro perdido? Não, então porque ele foi solto 4 vezes? As vítimas deveriam entrar com ações contra o juíz que o libertou anteriormente aos seus danos materiais, já que se o mesmo não estivesse na rua, não teria o crime, então o mesmo é responsável pelas ações do criminoso ao assumir que o mesmo tinha condições e não infrigiria a lei novamente. Temos de fazer como no EUA, juíz soltou é responsável e processá-lo mesmo assim evitando muitos crimes!
 
Alexandre de Souza em 03/12/2012 21:35:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions