ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 34º

Capital

Homem é preso por manter mãe idosa acorrentada

Vítima estava sem comer e dormia no chão, já que o filho vendeu todos os móveis da residência

Ana Oshiro | 29/09/2022 06:51
Idosa vivia presa em casa no Jardim Aeroporto, em Campo Grande (Foto: Reprodução/Google Maps)
Idosa vivia presa em casa no Jardim Aeroporto, em Campo Grande (Foto: Reprodução/Google Maps)

Na madrugada desta quinta-feira (29) uma idosa de 74 anos foi resgatada da casa onde era mantida presa e acorrentada pelo próprio filho. O homem foi preso depois de flagrado agredindo a mãe na frente da residência, no Jardim Aeroporto, em Campo Grande.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 00h45 pelas vizinhas da idosa, que ouviram gritos e pedidos de socorro. Os policiais chegaram e encontraram o homem com uma faca em punho dando chutes na idosa, que estava caída no chão, na porta da casa.

Ele começou a ameaçar a mãe e os policiais de morte, tentando agredir a equipe da PM. Ele foi contido, algemado e preso. Nesse momento as vizinhas contaram que a mulher sofria maus-tratos, tortura e vivia em condição deplorável com o filho. A idosa autorizou os policiais entraram no local e contou que era mantida presa e acorrentada.

Dentro da residência a PM encontrou muito lixo e fezes em todos os cômodos, não havia nenhum móvel, nem colchão e comida. Segundo a idosa, ela estava em cárcere privado há mais de dois meses. Ela contou que o filho saia de casa e trancava portas e janelas, além de ter tomado o celular dela para que não houvesse comunicação com outros parentes ou vizinhos.

O homem já tinha quebrado a perna da própria mãe, fazendo com que ela não conseguisse andar sem ajuda de muletas. Ela também contou que o filho vendeu todos os móveis da residência, incluindo a cama onde ela dormia e era mantida acorrentada, que não comia nada já tinha dois dias e que o filho ficava com todo dinheiro da aposentadoria dela.

Conforme o depoimento da idosa, na noite desta quinta-feira o filho chegou em casa, abriu o quarto onde ela era mantida trancada e começou com as agressões, dizendo que a mataria. Ela conseguiu fugir até o portão e gritou por socorro. A mulher estava com ferimentos no pescoço e escoriações nas pernas, já o autor não tinha nenhuma lesão.

Segundo a polícia, já existiam vários registros de violência doméstica contra o homem, sempre com a própria mãe sendo a vítima. Ele vai responder por lesão corporal, ameaça e maus-tratos, todos com agravante de violência doméstica, e também por resistir à prisão.

Nos siga no Google Notícias