ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Homem é rendido no Centro, passa 8 horas com bandidos e perde veículo

Por Viviane Oliveira | 05/01/2017 06:29
Caso foi registrado na Depac Piratininga (Foto: Fernando Antunes)
Caso foi registrado na Depac Piratininga (Foto: Fernando Antunes)

Sargento do Exército de 51 anos foi sequestrado por volta das 11h da manhã de quarta-feira (4), passou 8 horas em poder dos bandidos e teve o veículo roubado. O caso aconteceu na Rua Aquidauana, na Praça do mesmo nome, região central de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, o homem contou que descia do carro Ford EcoSport, de cor preta, na Praça Aquidauana, quando foi abordado por um homem, que parecia ser adolescente. Ele estava armado, anunciou o sequestro e mandou que a vítima dirigisse até um bairro na saída para São Paulo.

Enquanto dirigia, a vítima era ameaçada com arma apontada para a sua direção. Durante o trajeto, o condutor foi obrigado a parar para que o comparsa do ladrão embarcasse. Com a entrada do segundo bandido, a vítima passou para o banco de trás, teve os braços amarrados e teve que ficar com a cabeça abaixada para não ver a movimentação.

Em uma estrada de terra, local que dá acesso ao Presídio da Gameleira, o homem desceu e ficou em poder de um dos bandidos, enquanto o outro fugiu com o automóvel. A vítima ficou sob poder do ladrão por 8 horas e a todo momento sofria ameaças de morte, se caso o carro não chegasse no Paraguai.

Ao anoitecer, o autor resolveu deixar o cativeiro e mandou que a vítima o acompanhasse. Os dois foram no sentido BR-163 e lá uma mulher conduzindo o carro se aproximou e ofereceu carona para os dois. Não se sabe se essa pessoa tem envolvimento com a dupla. Os dois, então, foram levados para o Bairro Dom Antônio Barbosa e após descerem do carro, a vítima foi liberada pelo bandido na Rua Manoel Barbosa.

O suspeito fugiu e a vítima procurou ajuda em uma residência na mesma rua. A Polícia Militar foi acionada e o caso registrado como sequestro e roubo de veículo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário