A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/06/2016 16:30

Hospital do Trauma vai desafogar Santa Casa para cirurgias de alta complexidade

João Humberto e Leonardo Rocha
Esacheu Nascimento, diretor-presidente da Santa Casa, também cobrou do governo a celeridade na construção do Hospital do Trauma (Foto: Leonardo Rocha)Esacheu Nascimento, diretor-presidente da Santa Casa, também cobrou do governo a celeridade na construção do Hospital do Trauma (Foto: Leonardo Rocha)

Com a construção do Hospital do Trauma finalizada, a Santa Casa ficará desafogada e no local poderão ser realizadas cirurgias de média e alta complexidades de forma mais rotineira. A informação é de Esacheu Nascimento, diretor-presidente da Santa Casa de Campo Grande, que complementou que haverá liberação de leitos.

Durante a assinatura da ordem de serviço de retomada da obra do Hospital do Trauma da Santa Casa em evento realizado nesta quinta-feira (16), Esacheu esclareceu que o pronto socorro geralmente está lotado por conta de vítimas de acidentes de trânsito, fator que atrapalha os procedimentos.

Esacheu ainda lembrou que com a verba de R$ 8,4 milhões nessa etapa final da construção, serão construídos 128 leitos no Hospital do Trauma. “Isso vai garantir folga à Santa Casa”, observou.

Para que isso aconteça logo, Esacheu pediu ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante o evento que no processo de construção do Hospital do Trauma já seja pensada a ampliação da cozinha e lavanderia da Santa Casa, afinal, segundo ele “os serviços aumentarão”.

Nascimento também cobrou do governador a celeridade nas obras do Hospital do Trauma para que seja entregue antes do prazo de 12 meses. Para isso, Reinaldo Azambuja solicitou à empresa Poligonal Engenharia, que venceu a licitação para a construção, para que trabalhe em regime de três turnos. A licitação foi finalizada em janeiro.

Prestação de contas – No evento de assinatura da ordem de serviço, Esacheu Nascimento apresentou dados do que já foi ampliado na Santa Casa desde janeiro: reforma do centro cirúrgico, nas salas pré-operatórias com quatro macas e poltronas e uma sala pós-operatório com oito leitos, sala de repouso, reforma na ala de laboratórios (com laboratório próprio) e finalização da reforma do terceiro andar onde funciona o setor de obstetrícia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions