ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Hospital Regional volta a ter lotação máxima de leitos da covid-19

As 91 vagas estão ocupadas e não há mais espaço na unidade para receber novos pacientes graves da covid-19

Por Clayton Neves | 01/08/2020 20:01
Hospital de retaguarda foi montado no estacionamento do HR (Foto: Divulgaçao/Henrique Kawaminami)
Hospital de retaguarda foi montado no estacionamento do HR (Foto: Divulgaçao/Henrique Kawaminami)

O Hospital Regional de Campo Grande, referência no tratamento da covid-19, voltou a ter ocupação máxima de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com a doença. Com isso, o cenário do combate a doença em Mato Grosso do Sul fica ainda mais crítico, já que o HR recebe pacientes de diferentes cidades do Edtado.

Segundo boletim divulgado pelo hospital neste sábado (1°), todas as 91 vagas de leitos críticos estão ocupadas e não há mais espaço na unidade para receber novos pacientes graves diagnosticados com o novo coronavírus.

Segundo o levantamento, desde o início da pandemia, o HR recebeu 769 pacientes Ao todo, 146 ainda permanecem internados e 99 pacientes não resistiram e morreram na unidade.

Dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgados neste sábado (1°) mostram que Mato Grosso do Sul soma total de 25.734 infectados e 389 mortos pela covid-19.