A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/04/2012 09:42

Incêndio faz TJ transferir para Assembleia posse de desembargador

Francisco Júnior e Elverson Cardozo
Segundo a assessoria do TJ/MS, incidente não alterou rotina. (Foto: Minamar Júnior)Segundo a assessoria do TJ/MS, incidente não alterou rotina. (Foto: Minamar Júnior)

O incêndio ocorrido no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) na madrugada desta quarta-feira (25) atingiu o maior plenário do prédio, onde aconteceria hoje a posse do desembargador Francisco Gerardo. A solenidade foi transferida para o plenário da Assembleia Legislativa.

A suspeita é de que o fogo tenha sido provocado por um curto-circuito em um ar condicionado que fica no plenário,que tem capacidade para 200 pessoas. É neste local que são julgados processos cíveis e criminais, além de ser realizada a posse dos desembargadores.

O fogo foi percebido por Policiais Militares que fazem a segurança da área. Os bombeiros foram acionadas e tiveram que quebrar parte do telhado para chegar no local onde tinha chamas.

De acordo com o juiz auxiliar da presidência do TJMS, Carlos Alberto Garcete, os danos ocorreram na fiação elétrica e ninguém se feriu.

Segundo ele, o julgamento de 13 processos marcado para hoje no plenário pleno foi transferido para o salão Pantanal. O magistrado informa que o incidente não alterou os atendimentos no tribunal.

Conforme Garcete, apenas a perícia vai detectar o que provocou o princípio de incêndio. “O resultado do laudo deve sair entre no prazo de 10 dias”, explicou.

O plenário está interditado e deve ficar assim nos próximos dias. O fogo atingiu cerca de 600 m² do telhado do tribunal.

A assessoria do Tribunal não permitiu a entrada da reportagem no local onde aconteceu o incêndio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions