A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/01/2014 11:52

Integrante de quadrilha que sequestrou bebê é a vítima de agulhada no abdômen

Graziela Rezende

Mentora do sequestro de uma recém-nascida no bairro Dom Antônio Barbosa, há dois meses, Renata da Silva de Jesus, 34 anos, é a vítima de uma "agulhada" de crochê que a atingiu no abdômen, na noite de ontem (14), no presídio feminino Irmã Irma Zorzi, bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.

Segundo a Polícia, a discussão teria ocorrido por conta deste crime que ela cometeu. A outra detenta, presa por tráfico de drogas e identificada como Ângela Santos de Oliveira, também de 34 anos, se disse “revoltada” com o sequestro e por isso deu o golpe enquanto a vítima estava dormindo.

Pouco antes do ferimento, Renata foi ameaçada de morte por ela. A vítima foi levada ao posto de saúde Coronel Antonino e, em seguida, para a Santa Casa. Ela passou por um procedimento cirúrgico e em seguida foi para a delegacia registrar a ocorrência, na qual relata que deseja representar contra a autora da tentativa de homicídio.

O caso está sendo investigado pela 2ª delegacia de Polícia da Capital.

Outros presos – Por conta do roubo da recém nascida Nicole ainda estão na cadeia o Samir de Souza El Ossais, 33 anos, que dirigiu o carro, Hugo Vinícius de Lima, o Jack, 19 anos, Robson dos Santos Hossimaister, 22 anos, o pai da criança e Carlos dos Santos, 25 anos, marido da Renata.

Os envolvidos respondem por sequestro e cárcere privado, além de formação de quadrilha. O inquérito policial já está no MPE (Ministério Público Estadual). Porém o delegado Paulo Sérgio Laureto, responsável pelas investigações, aguarda um laudo pericial realizado no carro e a quebra de sigilo telefônico para finalizar as investigações.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions