A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/02/2012 18:09

Itamaraty acompanha investigação sobre morte de campo-grandense em Portugal

Ana Paula Carvalho
Hemerson foi espancado na manhã do último domingo (Foto: Facebook)Hemerson foi espancado na manhã do último domingo (Foto: Facebook)

O Itamaraty, através do consulado brasileiro em Lisboa, está acompanhando as investigações sobre o assassinato de Hemerson Pereira FortKamp, de 30 anos, espancado na manhã do último domingo ao sair de boate, em Portugal.

De acordo com o órgão, o consulado dará toda a assistência jurídica à família e um assessor jurídico acompanhará o andamento do inquérito. Ainda segundo o Itamaraty, o consulado tem limitações e não pode atuar como poder judiciário.

Velório - O corpo de Hemerson começou a ser velado às 14h (horário de Campo Grande) em Lisboa. De acordo com a família, às 09h30 haverá uma missa e às 10h o corpo será cremada.

Antônia Moreira Pereira, de 45 anos, chegou a pedir ajuda para trazer o corpo do filho para Campo Grande, já que não tem condições financeiras de bancar os custos do traslado que passa de R$ 11 mil.

Como não conseguiu ajuda, ela optou por cremar o corpo do filho e trazer apenas as cinzas para junto dos parentes.

Em aproximadamente quatro meses Antônia e a filha mais nova, de 10 anos, devem voltar para o Brasil. Isso só não acontecerá antes para a menina não correr o risco de perder o ano.

O caso - De acordo com Antônia, a discussão na fila da casa noturna começou por causa da música do Michel Teló “Ai se eu te pego”. “Meu filho adorava essa música. Ele ouvia o dia todo e parece que ele cantou essa música para uma mulher. ‘O que você está falando aí ô brasileiro?’ foi o que um homem que estava com ela perguntou ao meu filho”, relata.

Ainda segundo ela, o primo de Hemerson, André Pereira Fresneda, de 26 anos, estava com ele na boate e disse ao homem que lá “não havia brasileiro nem português, que todos eram iguais” e o homem disse que eles veriam isso fora de lá. Foi o que aconteceu. Quando os dois saíram, três homens e duas mulheres esperavam do lado de fora.

Os dois chegaram a correr, mas Hemerson caiu. Ele foi brutalmente atacado. Um das mulheres bateu na cabeça dele com uma garrafa de vidro e a outra com uma pedra que estava em uma meia calça. Mesmo após estar desacordado, ele continuou sendo agredido. “Meu filho estava com o rosto todo preto de tanta pancada que levou”, relata.

André, também ficou bastante machucado, mas conseguiu correr e, com a ajuda de outro brasileiro que passava pelo local, conseguiu entrar em um táxi.

A agressão começou às 07h22, segundo a Polícia, mas entre o espancamento e a entrada de Hemerson no Hospital se passaram 55 minutos. Às 12h, Antônia conseguiu conversar com a médica. Ela avisou a mãe que o estado de saúde dele era muito grave. O rapaz havia sofrido parada cardíaca, a equipe tentou reanimá-lo, e não havia mais nada que pudesse ser feito.



Tv itamaraty parabens por acompanhar o caso do hemerson eles estao em outro pais sendo atacados e tenm que ser ajudados enquanto a midia estiver encima nao caira no esquecimento
 
monica gumesson em 14/02/2012 11:10:16
Genteee vcs tem que ver os comentarios que os portugueses deixam nas reportagens sobre hemerso,absurdo o desrrespeito com uma pessoa que nem esta mais aqui pra se defender entrem nas paginas e veja e absurdo essa gente nao tem amor ao proximo
 
monica gumesson em 07/02/2012 09:30:58
Itamaraty continue acompanhando o caso do hemerson nao deixe cair no esquecimento pra que seja feito justiçaa e absourdo oque estao fazendo com a historia do hemerson so a midia pode ajudar
 
monica gumesson em 07/02/2012 09:28:14
depois dizem que o nosso país que é violento....espero que as autoridades do BRASIL faça alguma coisa em defesa desse crime covarde e brutal...e em defesa de todos que trabalham em portugal.
 
rosilene pereira em 05/02/2012 08:24:20
estou revoltada ao ouvir a brutalidade em que animais covardes atacam outro ser humanos e espanca ate a morte...qual crime ele tera cometido?? SER BRASILEIRO...
que isso possa abrir os olhos do povo brasilerio e parar de tratar estrngeiros como rei aqui, somos discriminados e tratados como cachorro em Portugal...ACORDA BRASIL...SOMOS MTO MELHOR
 
rosy kemmy em 05/02/2012 06:13:36
que vergonha!!! ainda nós brasileiros recebemos com respeito e carinho a todos que aqui chegam,inclusive nosso governo,agora,nosso presidente deve mandar tomar providencias e não deixar mais isso acontecer...
lá fora na maioria ads vezes somos tratados como animais..e eles aqui nosso pais tem ate cargo de alto nivel......
tomando lugar dos nossos
 
sandra rojas de oliveira em 04/02/2012 12:37:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions