A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

25/10/2014 10:35

Jovem de 16 anos dá luz à menina no Centro de Campo Grande

Lidiane Kober e Luciana Brazil
Bombeiros levaram mãe e filha à Santa Casa (Foto: Marcelo Calazans)Bombeiros levaram mãe e filha à Santa Casa (Foto: Marcelo Calazans)
Menina nasceu na Avenida Ernesto Geisel quase esquina com a Afonso Pena (Foto: Claúdio Gaboardi)Menina nasceu na Avenida Ernesto Geisel quase esquina com a Afonso Pena (Foto: Claúdio Gaboardi)

Com a ajuda da mãe, Meiriele Martins Mendonça, de 16 anos, deu luz à uma menina, na manhã deste sábado (25), dentro de um carro, no Centro de Campo Grande. No veículo do vizinho, a jovem estava a caminho da maternidade. Mãe e filha foram conduzidas à Santa Casa pelo Corpo de Bombeiros e passam bem.

De acordo com testemunhas, Meiriele, que mora no Bairro Taquarussu, começou a sentir contrações de madrugada, mas só pediu ajuda à mãe, Rosemeire Martins da Silva, de 32 anos, pela manhã.

Ainda em casa, a avó da menina acionou o Corpo de Bombeiros, mas, percebeu que iria demorar e resolveu pedir ajuda ao vizinho, o comerciante Carlos Inácio Areco, de 42 anos.

Ele atendeu ao apelo e conduziu as duas à Maternidade Cândido Mariano. Mas, na Rua 26 de Agosto, Meiriele falou à mãe que a criança estava nascendo.

Rosemeire tentou acalmá-la e disse que a sensação seria da placenta, mas a filha insistiu e afirmou estar sentindo a cabeça da bebê sair.

Carlos Inácio parou o carro na Avenida Ernesto Geisel quase esquina com a Afonso Pena, onde a criança nasceu com a ajuda da avó.

Nervoso, primeiro, o vizinho ligou para a polícia e, depois, aos bombeiros, que, por telefone orientaram para não realizar o corte do cordão umbilical. Em pouco tempo, a viatura chegou e levou mãe a filha à Santa Casa.

“A criança está bem, foi encaminhada à pediatra e a mãe também passa bem”, contou Daevisson Zattar, do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, o procedimento “não é tão incomum”. “Já participei de nove partos desse tipo”, revelou. A ele, a mãe disse que essa é a sua segunda filha e que não deseja outra gravidez.

Claudio Gaboardi, funcionário de uma concessionária de moto, bem próximo de onde a menina deu á luz, disse quase ninguém percebeu o que estava acontecendo. "Achávamos que era um carro quebrado. Só vimos o que era quando o bombeiro chegou", disse. 

Bombeiros realizam parto de emergência em viatura e conseguem salvar bebê
Dois bombeiros, o cabo Andrade e o soldado Ponciano, realizaram um parto de emergência no interior da viatura de resgate, às 3h45 da manhã desta terç...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions