ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SÁBADO  06    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Jovem de 23 anos que morreu após surto ficou 5 horas amarrado

O óbito foi constatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) por volta das 6h30 desta manhã

Por Viviane Oliveira | 02/12/2020 10:49
Carro da funerária e movimentação de políciais no local onde o jovem foi encontrado morto (Foto: Silas Lima) 
Carro da funerária e movimentação de políciais no local onde o jovem foi encontrado morto (Foto: Silas Lima)

O jovem de 23 anos, que foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (2) após surto, ficou 5 horas amarrado. O caso foi registrado na Rua Candiota, no Jardim Vida Nova, em Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, o óbito foi constatado por volta das 6h30 pela equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). A vítima já apresentava rigidez cadavérica e marcas de escoriações nos punhos.

Segundo relatos da família à polícia, o rapaz foi amarrado por volta de 1h, pois passava por crise causada por uso excessivo de medicamentos. O rapaz era usuário de drogas e constantemente tinha surto psicótico. Além da mãe, vivem na casa seu esposo (padrasto da vítima) e mais três filhas, com idades de 15, 18 e 20 anos. A menina de 15 anos é autista e a de 20 anos, esquizofrênica.

Ainda conforme registro policial, a mãe contou que ontem (dia 1º), depois de mais uma crise, o rapaz chegou a ser levado pelo Corpo de Bombeiros à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nova Bahia, onde foi atendido e na sequência liberado. As faixas que amarravam a vítima foram apreendidas pela perícia. O corpo foi levado ao Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) para exame necroscópico. Ainda não se sabe as causas da morte.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário