A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/11/2014 11:20

Jovem diz que ciúmes motivou crime na Vila Dedé: "agi para me defender"

Renan Nucci
Durante apresentação na 2ª DP, acusado de matar jovem de 18 anos disse que atirou para se defender. (Foto: Renan Nucci)Durante apresentação na 2ª DP, acusado de matar jovem de 18 anos disse que atirou para se defender. (Foto: Renan Nucci)
Polícia apreendeu revólver calibre 32 utilizado no crime da última quinta-feira (30). (Foto: Renan Nucci)Polícia apreendeu revólver calibre 32 utilizado no crime da última quinta-feira (30). (Foto: Renan Nucci)

Acusado de matar a tiros Luis Gabriel de Almeida Barbuio, 18 anos, Augusto César Gemio da Silva, da mesma idade, se apresentou às autoridades do 2ª Distrito Policial de Campo Grande na manhã desta quarta-feira (05). Ele disse ao delegado Weber Luciano de Medeiros que disparou para se defender, já que vinha recebendo ameaças. O motivo do crime ocorrido na última quinta-feira (30), na Vila Dedé, seria porque a vítima sentia ciúmes de sua namorada, uma jovem de 19 anos.

Acompanhado dos advogados Marcos Ivan e Rafael Cunha, César disse que no dia anterior ao crime foi ameaçado por Gabriel. Temendo por sua vida, durante a noite comprou um revólver calibre 32 com uma pessoa que não teve o nome divulgado pela polícia, mas que foi citada no inquérito policial.

Na noite do dia seguinte, enquanto seguia para ver um emprego acompanhado de um amigo, ele, que trabalha como auxiliar de serviços gerais, disse que encontrou com Gabriel por coincidência. A vítima chegava na casa de sua namorada. Supostamente motivado por ciúmes, Gabriel não gostou de ver César na região e houve desentendimento. “Ele veio pra cima de mim. Só me defendi”, disse o autor, alegando que não era amigo da vítima.

Os advogados reafirmaram a situação de defesa e a motivação passional, sustentando a hipótese de que César foi ameaçado por causa de ciúmes. O delegado Weber, por sua vez, apontou que já existia rixa antiga entre ambos. “Essa rixa vinha sendo alimentada há muito tempo. Não é de agora”, afirmou. O acusado entregou a arma utilizada, e vai responder em liberdade.

Crime – Conforme registro policial, Gabriel estava na casa da namorada na noite do dia 30, quando se encontrou com César nas proximidades. Eles discutiram e o autor efetuou três disparos. A vítima chegou a ser socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas morreu a caminho do hospital. A namorada de Gabriel, uma jovem de 19 anos que está grávida de três meses, presenciou a ação. O delegado disse que após concluir o inquérito, vai pedir a prisão preventiva do autor.

Assassinato na Vila Dedé pode ter sido provocado por discussão no dia anterior
O assassinato de Luis Gabriel de Almeida Barbuio, 18 anos, pode ter sido provocado por discussão no dia anterior ao crime. A vítima foi morta enquant...
Vasco perde para Madureira na primeira partida sem Dedé
Na primeira partida após a saída do zagueiro Dedé, o Vasco decepcionou e perdeu por 1 a 0 para o Madureira, neste sábado, na despedida da equipe da T...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions