ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Jovem forja Pix e dá calote em clínica depois de turbinar peito e bumbum

Equipe desconfiou porque suspeita insistiu para ir embora minutos depois de acordar

Por Clayton Neves e Ana Beatriz Rodrigues | 25/05/2022 14:45
Mulher foi levada de dreno e roupa cirúrgica para a delegacia. (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)
Mulher foi levada de dreno e roupa cirúrgica para a delegacia. (Foto: Ana Beatriz Rodrigues)

Jovem de 21 anos deu calote de mais de R$ 45 mil em uma clínica de estética de Campo Grande, depois de forjar transferência bancária para pagar lipoaspiração e turbinar peito e bumbum. Depois de caso ser descoberto, a suspeita foi levada enfaixada e de dreno para a delegacia.

Segundo informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, a jovem veio de Tocantins para fazer as cirurgias na Capital. Ela retirou gordura dos braços e perna para aplicar no peito e glúteos.

O crime veio à tona depois de equipe cirúrgica desconfiar da pressa da suspeita, que insistia para ir embora mesmo ainda sob efeito de sedativos, minutos depois de acordar.

Após a atitude incomum, a empresa responsável por anestesiá-la descobriu que um TED (Transferência Eletrônica Disponível) feito pela mulher, que pagaria um anestesiologista, não havia caído na conta.

Na sequência, a clínica de estética que fez os procedimentos também confirmou o calote. O Pix que custearia as despesas cirúrgicas foi forjado e o valor não estava disponível. Ao todo, a soma dos custos chegou a R$ 45 mil

A PM foi acionada e a autora levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, onde o caso foi registrado.

Nos siga no Google Notícias