A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/08/2013 14:10

Jovem que matou taxista após show no Morenão é condenado a 13 anos de prisão

Helton Verão
Wesley está preso desde 2011 por ter matado com dois tiros Daniel Manoel Dudu. (Foto: João Garrigó/ Arquivo)Wesley está preso desde 2011 por ter matado com dois tiros Daniel Manoel Dudu. (Foto: João Garrigó/ Arquivo)

O jovem Wesley Oliveira dos Santos, de 20 anos, que matou o taxista Daniel Manoel Dudu, de 50 anos, em 26 de agosto de 2011, foi condenado hoje (8) a 13 anos de prisão em regime fechado, por homicídio qualificado. A decisão foi tomada pelo juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri, Carlos Alberto Garcete.

A pena chegou a ser estipulada em 15 anos, mas acabou reduzida em razão do réu ser primário.

O taxista foi assassinado a tiros após levar Wesley e sua namorada na época do Estádio Morenão ao Jardim Nascente do Segredo, região norte da Capital.

Quando chegaram ao destino, no Jardim Nascente do Segredo, o taxista falou o preço da corrida R$ 40. Na versão de testemunhas, Wesley considerou caro e saiu do veículo para buscar o dinheiro.

Wesley foi preso 11 dias após o crime, ele confessou e chegou a chorar dizendo estar arrependido pelo crime.

A adolescente ficou no veículo com Daniel Manoel e quando o jovem retornou, matou o taxista e fugiu. A garota foi apreendida minutos depois. Weslei foi encontrado após 11 dias.

Em março do ano passado, o juiz Aluizio Pereira dos Santos, em substituição na 1ª Vara do Tribunal do Júri, mandou Wesley a júri popular por homicídio qualificado pelo motivo torpe e por recurso que dificultou a defesa da vítima.

A defesa de Wesley não concordou com a sentença de pronúncia e recorreu ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Ele já estava preso em regime fechado aguardando o julgamento.



Vergonha? O crime compensa? Nem sei o que dizer. Quem sabe trazer juízes de Cuba!!
 
Paulo Roese em 08/08/2013 19:04:05
Gostaria de perguntar ao senhor juíz Carlos Alberto Garcete se a vítima ápos transcorridos os 13 anos de pena do criminoso irá retornar a vida? Se os 13 anos de prisão é sem direito a condicional, senão o mesmo irá ficar somente 2 anos e 2 meses presos(ja que a lei que beneficia o criminoso diz que ápos cumprir 1/6 da pena pode ser libertado!). Se a vítima não irá voltar a vida ápos este tempo determinado pelo mesmo o mínimo a ser "justo" seria prisão perpétua! Se o criminoso será liberto ápos cumprir 1/6 da pena porque iludir os parentes das vítimas(que ja estão abatidas por perder um ente querido) com uma pena que não é real, mas sim falsa e imoral!
 
Alexandre de Souza em 08/08/2013 15:08:43
Não concordo com essa pena, crimes como latrocínio deveriam ter prisão perpétua no Brasil, independente se o réu é primário ou não, com menos de trinta nos de idade esse rapaz estará nas ruas novamente e com seu potencial ofensivo multiplicado pela experiência adquirida atrás das grades.
 
Kaio Gleizer em 08/08/2013 14:28:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions