A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/11/2014 12:57

Juiz condena a 15 anos homem que matou outro por ciúmes da cunhada

Filipe Prado

Gerson Carlos Ramos foi condenada a 15 anos de prisão em regime fechado, acusado de matar o comerciante Raimundo Januário do Nascimento Neto, em agosto de 2012, com um pedaço de madeira de 71 centímetros por ciúmes da cunhada, no Bairro Oscar Salazar, em Campo Grande.

Conforme a sentença condenatória, o juiz titular da 2ª Vara do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, condenou o acusado a 16 anos de prisão, mas reduziu um ano da pena por conta da confissão do crime, fixando em 15 anos.

O crime foi considerado hediondo, já que foi por motivo fútil, por meio cruel e que dificultou a defesa da vítima, pois Gerson se armou antes de sair de casa e foi até o bar onde a vítima encontrava-se, quando golpeou Raimundo com o pedaço de madeira. “Ademais, percebe-se que teve tempo suficiente para refletir e adotar uma conduta menos lesiva”, relatou o juiz na sentença.

Também foi apreendida uma arma sem registro ou porte legal, pelo acusado, porém que não tem relação com o crime.

Vai a júri nesta quarta-feira homem que matou por ciúmes no Oscar Salazar
Vai a júri popular às 8h desta quarta-feira (19), Gerson Carlos Ramos, acusado de matar o comerciante Raimundo Januário de Nascimento Neto em agosto ...
Homem acusado de matar comerciante a pauladas em 2012, será julgado amanhã
O homem acusado de matar a pauladas o comerciante Raimundo Januário de Nascimento Neto, no dia 6 de agosto de 2012, será julgado nesta quarta-feira (...
Acusado de matar vizinho a pauladas por ciúmes da esposa é preso na Capital
Segundo assassino, vítima havia olhado para sua esposa durante churrascoO acusado de matar a pauladas o comerciante Raimundo Januário de Nascimento ...
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...


Nossa como pode??? Uma pessoa mata a outra por um motivo fútil como esse e pega só 15 anos de prisão, é um absurdo, com certeza não vai cumprir nem metade disso em regime fechado affff
 
laura em 20/11/2014 09:35:03
Infelizmente é a lei fraca que temos.
Um sujeito mata o outro e pega SÓ 16 anos de prisão.
Desses 16, não vai ficar preso nem a metade.
Já o morto vai ter outra chance? NÃO.
Piada essa nomenclatura de crime hediondo e etc.
Quer dizer que se não fosse a pena por matar outro seria ainda menor.
EU TENHO VERGONHA DA LEI COMO ELA ESTÁ DISPOSTA HOJE.
Não pune adequadamente nem protege o cidadão de bem.
 
Adriano em 19/11/2014 16:56:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions